Banco de multitecidos do HC duplica capacidade de processamento

Publicado em Saúde por em

O Banco de Multitecidos (pele e outros substitutos cutâneos) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) duplicou sua capacidade de processamento. A unidade passa a contar com quatro salas para exame, descontaminação e esterilização de tecidos de doador cadáver e salas de armazenamento e repasse.

Obras estruturais permitiram a expansão da unidade, em funcionamento no 9º andar do Instituto Central do HC. Os investimentos, de aproximadamente R$ 940 mil, foram disponibilizados pelo Governo do Estado de São Paulo. Com a reforma, os fluxos de recebimento, processamento, armazenamento e repasse dos tecidos (pele) foram modernizados, com alas independentes e acessos diferenciados.

Serão beneficiados pacientes, vítimas de queimaduras e feridas complexas, que necessitam de enxertos e transplantes de pele para a recuperação. O Banco de Multitecidos é responsável pela captação, preparo e armazenamento, por até dois anos, da pele a ser transplantada. A captação é feita em doador cadáver, semelhante a uma doação de órgãos, e com a necessária autorização da família.

Mais informações: email imprensa.ichc@hcnet.usp.br 

.