Certificação de calçados ecológicos vence Prêmio de Sustentabilidade

Publicado em Meio ambiente por em

O projeto “Origem Sustentável” foi vencedor da categoria Academia – Professor do 5º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade. Trata-se de um selo de certificação para empresas de calçados ecologicamente corretos, desenvolvido por pesquisadores da USP. Para a orientadora do projeto, Tereza Cristina Carvalho, a premiação – realizada pela Federação em parceria com a Fundação Dom Cabral – dará visibilidade à iniciativa.

A professora Tereza Crisitina de Carvalho | Foto: Divulgação/Fecomercio
A professora Tereza Crisitina Carvalho | Foto: Divulgação/Fecomercio

Segundo a docente, o conceito de sapatos ecológicos observado no mercado era muito variável. O projeto surgiu com o objetivo de definir critérios e contribuir para que as cadeias produtivas se tornassem, de fato, mais sustentáveis. “Além disso, os sapatos brasileiros estão perdendo espaço para os chineses. Trabalhando a questão da sustentabilidade, também tornamos o produto mais competitivo no mercado externo”, diz Tereza.

O Programa Origem Sustentável foi criado pelo Laboratório de Sustentabilidade (Lassu) da Escola Politécnica (Poli) da USP, em parceria com a Associação das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos (Assintecal). Leia mais sobre o projeto nesta reportagem.

Classificações

Os selos são subdivididos em branco, bronze, prata, diamante e ouro e a certificação é feita de acordo com o número de critérios atendidos pelas empresas. A partir dos selos prata, diamante e ouro, há mais exigências. Nesses casos, é preciso contratar uma auditoria para a verificação de 57 indicadores que devem aplicados.

De acordo com a professora Tereza, aproximadamente cem empresas já aderiram à certificação, sendo que a maior parte é de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul. A docente comemora ainda duas adesões ao selo ouro e uma ao selo prata. Outras 15 companhias obtiveram a certificação bronze. “Com o reconhecimento do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, a certificação despertará o interesse das empresas em produções mais corretas”, diz Tereza.

Critérios

Os critérios a serem atendidos para a adesão à certificação envolvem ações em todas as fases da cadeia produtiva, passando pelos aspectos econômicos, ambientais e sociais. Exemplos são o uso racional de matérias-primas e recursos naturais; a eliminação de produtos tóxicos ou prejudiciais à natureza; o desenvolvimento de programas de saúde, segurança e incentivo aos trabalhadores; e a interação com a comunidade na qual a companhia está inserida.

Confira a lista completa de vencedores da quinta edição do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, realizado no dia 24 de novembro, na sede da Entidade.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Fecomercio

Mais informações: site www.fecomercio.com.br

.