Nova edição da Febrace terá mais de 340 projetos em exposição

Publicado em Ciências por em

A 14ª Edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) começa no dia 15 de março, na Escola Politécnica (Poli) da USP, em São Paulo. Neste ano serão apresentados 341 projetos de 752 estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, orientados por 476 professores. Os estudantes estarão na Poli expondo os projetos até 17 de março.

Os 341 projetos finalistas foram selecionados entre um grupo de mais de 2,2 mil, submetidos diretamente pelos estudantes ou por meio das 125 escolas afiliadas. Os projetos abrangem diversas áreas do conhecimento e se destacam por oferecer soluções criativas para problemas reais, a exemplo de novos mecanismos de controle do mosquito Aedes aegypti ou de tecnologias para reduzir acidentes por embriaguez ao volante ou monitorar e resgatar crianças esquecidas em automóveis.

“O mais importante não são os resultados, como chegar a um protótipo ou produto, por exemplo, mas todo o processo, as diversas etapas de investigação, reflexão, construção e observação necessárias para a execução dos projetos”, destaca a coordenadora da Febrace, Roseli de Deus Lopes, professora da Escola Politécnica da USP. Para participar de uma mostra, como a Febrace, os estudantes desenvolvem seus projetos utilizando metodologias e conhecimentos científicos e de engenharia, sempre sob a orientação de um professor.

Na mostra, os trabalhos serão avaliados por pesquisadores e especialistas de diversas áreas do conhecimento. O público visitante também poderá eleger o projeto mais popular, postando seu voto no site da Febrace. Os autores dos melhores trabalhos ganharão troféus, medalhas, bolsas e estágios, num total aproximado de 200 prêmios. Também concorrerão a uma das nove vagas para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), que será realizada em maio, na cidade de Phoenix, Arizona, EUA.

Promovida anualmente pela Poli, por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI), a Febrace é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.

Esta edição conta com apoio institucional do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI); da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (SECIS – MCTI); do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO); e patrocínio da Intel do Brasil; Petrobras; Samsung; Instituto Votorantim e Odebrecht.

Serviço

A mostra pública de projetos será realizada entre 15 e 17 de março, e aberta a o público em geral das 14h às 19h, em uma tenda instalada no estacionamento da Escola Politécnica (Poli) da USP (Av. Prof. Luciano Gualberto, nº 3, travessa 3, Cidade Universitária). A entrada é franca.

Da Assessoria de Imprensa da Febrace

Mais informações: site www.febrace.org.br

.