Foto: Visualhunt
Foto: Visualhunt

Simpósio de Graduação coloca ensino da bioética em debate

Publicado em Ciências, Educação, USP Online Destaque por em

O encontro dá continuidade a uma série de simpósios promovidos pela PRG e é organizado pelo professor Dalton Ramos, da Faculdade de Odontologia (FO) da USP

No dia 17 de março, a partir das 8 horas, o auditório da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin recebe o V Simpósio Temático da Pró-Reitoria de Graduação: O Ensino da Bioética nos Cursos de Graduação – experiências e perspectivas. O encontro dá continuidade a uma série de simpósios promovidos pela PRG e é organizado pelo professor Dalton Ramos, do Departamento de Odontologia Social da Faculdade de Odontologia (FO) da USP.

Trazendo como foco a bioética, o evento reunirá professores da disciplina nos diversos cursos da USP, além de especialistas como Miguel Kottow Lang, da Escuela de Salud Pública na Universidad de Chile e o professor Josimário João da Silva, da Universidade Federal de Pernambuco, que coordena a Rede Brasileira de Professores de Bioética, vinculada à Sociedade Brasileira de Bioética.

A bioética é o estudo dos problemas e implicações morais despertados pelas pesquisas científicas, em especial nas áreas de biologia e medicina. Entretanto, os especialistas reunidos pretendem ampliar essa definição ao incluir múltiplas áreas do conhecimento na discussão.

Foto: Adauto Nascimento
Bioética: tema transversal | Foto: Adauto Nascimento

De acordo com Ramos, o simpósio é fruto do primeiro Congresso de Graduação da USP que aconteceu em 2015, no qual uma série de trabalhos relativos ao ensino da bioética – em diferentes cursos de graduação da USP – foram apresentados. Na ocasião, o pró-reitor de Graduação professor Antonio Carlos Hernandes se mostrou receptivo a uma iniciativa que pudesse “congregar os professores da área, a partir das distintas experiências pedagógicas em diferentes áreas do conhecimento que estão tendo no lecionar da disciplina de bioética”, explica.

Para ele, a realização do evento parte de uma demanda antiga dos professores, já que a bioética é um tema transversal, que permeia vários campos do saber. “Transversal não só para os nossos cursos, mas transversal para a própria Universidade. Temos disciplinas de bioética oferecidas para os mais distintos cursos nas diversas áreas do conhecimento”, esclarece.

Enfoques

Conforme o organizador, dentre os principais objetivos do simpósio está o compartilhamento de experiências já consolidadas no ensino da bioética. Uma das dificuldades enfrentadas pela disciplina é justamente deixar claro que sua difusão deve ir além das ciências tradicionalmente associadas ao campo. “Toda vez que pautamos questões da área de humanas ou para cursos técnicos é natural, em um primeiro momento, uma certa estranheza”, salienta ele. Na opinião do docente, é preciso sensibilizar as comunidades para a importância da bioética para as humanidades e, em especial, para cursos mais voltados ao compartilhamento de tecnologias.

“A questão é que em diferentes áreas, vamos ter diferentes enfoques. Na área da saúde, as questões bioéticas têm muito a ver com a relação profissional-paciente, com a humanização das relações assistenciais”, exemplifica. Já nas áreas tecnológicas “estão relacionadas com o uso da tecnologia e o impacto dela para qualidade de vida das cidades e das pessoas”, esclarece ele.

Foto: SNRE Lab: Molecular DNA
Foto: SNRE Lab: Molecular DNA

Para Ramos, uma das maiores contribuições que o evento trará é o que acontece na sequência das apresentações dos especialistas. ”Vamos ter oito apresentações de relatos e estratégias de ensino. Colegas da área de odontologia, medicina, enfermagem e direito irão compartilhar suas respectivas experiências”, destaca.

Além de reunir diferentes vivências pedagógicas em curso na USP, a ideia por trás do encontro é congregar professores. “Queremos criar laços ainda mais consistentes do que a gente poderia chamar de ‘a comunidade de professores de bioética da USP’ ”, conclui o docente.

A programação completa do Simpósio pode ser acessada neste link. O evento é gratuito, aberto ao público, e as inscrições podem ser realizadas neste endereço.

Com informações da Rádio USP

.