Produções e profissionais da USP estão entre os indicados ao prêmio da ABCA

Publicado em Cultura por em

Prêmio reconhece artistas visuais, curadores, críticos, autores e instituições culturais que mais contribuíram para a cultura nacional

A Associação Brasileira dos Críticos de Arte (ABCA) divulgou nesta semana os indicados ao prêmio ABCA de 2016, que reconhece artistas visuais, curadores, críticos, autores e instituições culturais que mais contribuíram para a cultura nacional em 2015. Entre os indicados, estão pesquisadores da USP e produções culturais da Universidade.

O Via Sampa é um dos três indicados ao Prêmio Antônio Bento, de difusão das artes visuais na mídia. O programa da Rádio USP traz uma agenda completa com a programação cultural da cidade.

O Prêmio Maria Eugenia Franco, de curadoria pela exposição, tem entre os indicados Cristina Freire pela exposição Vizinhos Distantes: Arte da América Latina, em cartaz no Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP desde junho de 2015. Na mesma categoria também concorre Ana Maria Belluzo, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, pela exposição Lig-Des Marcelo Nitsche, no Sesc Pompéia.

O Prêmio Clarival do Prado Valladares, que reconhece o artista pela trajetória, tem entre os indicados o professor da FAU Claudio Tozzi.

A professora Lisbeth Rebollo Gonçalves, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP concorre ao Prêmio Mário de Andrade, destinado a críticos de arte pela trajetória. Docente aposentada da ECA, Annateresa Fabris é a única indicada ao Prêmio Sérgio Milliet, voltada a críticos por pesquisa publicada, com o livro A fotografia e a crise da Modernidade (editora C/Arte).

Os vencedores do Prêmio ABCA serão anunciados no dia 29 de abril e a cerimônia de entrega do troféu, criado pela artista Maria Bonomi, será dia 31 de maio, às 20 horas, no Sesc Vila Mariana, em São Paulo.

Mais informações: site http://abca.art.br

.