Edusp publica coleção “Humanistas e Cientistas do Brasil”

Publicado em Ciências, USP Online Destaque por em

Fruto de um projeto coordenado pelo geneticista Luiz Edmundo de Magalhães, a coletânea publicada pela Edusp é uma realização da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

Foto: Divulgação / SBPC
Foto: Divulgação / SBPC

A SBPC e a Edusp lançaram no dia 11 de abril três volumes da coleção “Humanistas e Cientistas do Brasil”, projeto que teve como coordenador o geneticista e professor Luiz Edmundo de Magalhães. O evento contou com a participação da viúva do pesquisador, Nícia Wendel de Magalhães, da presidente da SBPC, Helena Nader, do presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Hernan Chaimovich, e do vice-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Eduardo Moacyr Krieger.

A coleção é resultado de um projeto que foi idealizado por Magalhães e apresentado à SBPC em 2007, durante a segunda gestão do professor Ennio Candotti como presidente da instituição. O objetivo era reunir as biografias de renomados cientistas brasileiros, que já não estavam mais vivos, das áreas de ciências humanas, ciências exatas e ciências da vida.

Sobre a obra

Em 2010, uma comissão organizadora foi formada e o projeto, então, começou a ganhar vida. Nessa época, Andrade, que acompanhou todo o desenvolvimento da coleção, afirma que foi uma experiência muito gratificante. “Aprendi muito sobre os cientistas da ciência brasileira”, comenta.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A presidente da SBPC comparou a coleção “Humanistas e Cientistas do Brasil” com o “Cientistas do Brasil – depoimentos”, livro lançado em 1998 em comemoração ao quinquagésimo aniversário da SBPC. “Em ambas as iniciativas, nosso propósito é mostrar ao Brasil alguns de seus principais cientistas, suas trajetórias profissionais, seu pensamento e suas contribuições à ciência e ao País”, afirma.

Na obra de 1988, no entanto, publicada em um único volume, foram os próprios cientistas que contaram suas histórias, por meio de entrevistas. Nesta coleção de 2016, as biografias são narradas por um ou mais autores, “normalmente colegas de trabalho que se tornaram amigos no decorrer da vida”, conforme conta Nader.

Aziz Ab'Sáber | Foto: Francisco Emolo
Aziz Ab’Sáber | Foto: Francisco Emolo

Ela destacou também algumas curiosidades, como o caso do sociólogo Aziz Simão e o geógrafo Aziz Ab’Saber, cientistas entrevistados para o primeiro livro que também tiveram sua história imortalizada na obra lançada ontem. “Alguns colegas, como Erney Camargo, Isaac Roitman e Hernan Chaimovich, participaram de ambas publicações, como entrevistadores naquela e como autores nesta”, ressalta.

A coleção “Humanistas e Cientistas do Brasil” é composta por três volumes – “Ciências da Vida”, “Ciências Exatas” e ‘Ciências Humanas” -, que somam 997 páginas, com as histórias de 63 cientistas e intelectuais brasileiros. A presidente da SBPC observou ainda que a obra é parte das comemorações dos 80 anos da USP.

O autor

Luiz Edmundo de Magalhães (à dir.), em 1987, com Crodowaldo Pavan (à esq) e Antonio Brito da Cunha (no centro, de costas) | Foto: Acervo IB
Luiz Edmundo de Magalhães (à dir.), em 1987, com Crodowaldo Pavan (à esq) e Antonio Brito da Cunha (no centro, de costas) | Foto: Acervo IB

Luiz Edmundo de Magalhães foi diretor do Instituto de Biociências (IB) da USP, entre 1985 e 1988, reitor da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) de 1975 a 1979, e Doutor Honoris Causa desta instituição. Especialista em Genética Animal e Genética de Populações, foi o responsável pela produção do primeiro camundongo transgênico no Brasil. Nos últimos anos de vida, dedicou-se a trabalhos sobre ética animal. Magalhães foi ainda conselheiro e secretário-geral da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência de 1969 a 1991.

Magalhães faleceu no dia 23 de maio de 2012, mas o projeto foi levado adiante com o apoio de sua esposa, a professora e ambientalista Nícia Wendel de Magalhães, e seus seis filhos. Na apresentação da coleção, ele escreveu que o projeto, realizado pela SBPC, tem por objetivo “homenagear intelectuais que deixaram suas marcas na evolução do conhecimento e colaboraram de forma significativa para o nosso progresso, nos diversos campos do saber”.

Vivian Costa / Jornal da Ciência-SBPC

Edusp publica coleção “Humanistas e Cientistas do Brasil”
Editoria: Ciências, USP Online Destaque - Autor: - Data: 13 de abril de 2016

Palavras chave: , , , ,

.