Nutricionistas da FSP lançam livro infantil sobre alimentação saudável

Publicado em Saúde, USP Online Destaque por em

Patricia Golini, especial para o USP Online

Será que podemos comer de tudo a qualquer hora? Qual é a importância de alimentos saudáveis para nossas vidas? Como comer bem pode nos ajudar a nos desenvolver, crescer e ficar mais inteligentes? Situações cotidianas como a ida à escola, os passeios em família e as compras nos supermercados serviram como fonte de inspiração para que as nutricionistas Samantha de Andrade e Viviane Vieira  apresentassem respostas – acessíveis – a essas questões no livro Por que alimentar-se bem? (Editora Papagaio, 2012).

Ambas fazem parte do Centro de Referência para a Prevenção e Controle de Doenças Associadas à Nutrição (CRNutri), da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Os constantes atendimentos realizados no CRNutri, desde 2009, serviram como base para que o trabalho de Samantha e Viviane pudesse atender à demanda do mercado editorial e sanar as dúvidas dos pacientes sobre nutrição. A ideia de transmitir a ciência dos alimentos de maneira divertida e  fácil de entender surgiu na própria Editora Papagaio, em meados de 2011. “Então, a Editora procurou a direção do CRNutri, propôs uma parceria para a obra, nos apresentou o projeto e nós aceitamos o desafio”, conta Samantha.

“Sabemos que ao educar a criança a se alimentar bem, teremos menos adultos com problemas alimentares no futuro.”

Por que Alimentar-se Bem?  foi elaborado para atender escolas, nutricionistas e profissionais que trabalham com alimentação infantil. Ao longo de suas 36 páginas, as autoras apresentam o conteúdo em uma narrativa leve, divertida e rápida.

A linguagem fácil e as ilustrações coloridas atraem a atenção do público infantil. Os textos mostram a importância de se fazer boas escolhas na hora de compor o prato, justificando principalmente o consumo de verduras e frutas. “Mesmo com uma oferta de comidas muito atrativas como doces, salgadinhos e fast-food, é importante que a criança saiba priorizar alimentos naturais e cheios de nutrientes em sua refeição”, explica uma das autoras.

Ainda, a cartilha apresenta o significado de alguns termos relacionados à nutrição. Carboidratos, fibras, proteínas e vitaminas tornam-se palavras fáceis e usadas a todo momento. Com a leitura, é possível aprender quais alimentos são ricos nesses nutrientes e ainda saber como eles ajudam o corpo a manter-se forte e cheio de saúde.

O livro oferece também dicas e curiosidades sobre temas que podem ser desenvolvidos em salas de aula. Inclui desde a importância de se fazer de cinco a seis refeições por dia, sempre em ambientes tranquilos, ou a advertência sobre o uso exagerado do sal, o papel das fibras nas refeições diárias até a necessidade de sempre beber água. “Nas páginas do livro, apresentamos a origem de alguns alimentos, as funções que eles desempenham em nosso corpo, a importância das frutas, verduras, legumes”, elenca Samantha.

Para as autoras, o livro não tem a pretensão de apontar o que é certo e o que é errado durante as refeições. Nem de proibir qualquer tipo de alimentos. A ideia principal do trabalho é falar sobre boa saúde, o cuidado com o corpo e a questão da higiene, tudo em função de uma vida com mais qualidade. “Sabemos que ao educar a criança a se alimentar bem, teremos menos adultos com problemas alimentares no futuro”, conclui Samantha.

As ilustrações são de Vanessa Alexandre, e o livro será lançado pela Editora Papagaio ainda este mês.

Mais informações: email crnutri@fsp.usp.br 

.