Revista “Scientia Agricola”, da Esalq, adota novo sistema de revisão de manuscritos

Publicado em Ciências por em

Para gerenciar a submissão e revisão de manuscritos, a Scientia Agricola, publicação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, começou a usar, desde o dia 21, o sistema ScholarOne, da empresa Thomson Reuters. Ele é responsável pela base de dados Web of Knowledge do Institute for Scientific Information (ISI).

O editor-chefe da revista, Luís Reynaldo Ferracciú Alleoni, professor do Departamento de Ciência do Solo (LSO), revela que este trata-se de um produto mais amigável do que o sistema anteriormente utilizado pela revista. “A comissão editorial da Scientia Agricola espera, com este novo sistema, facilitar o trabalho de nossos editores associados, revisores e autores, agilizando assim o processo de revisão por pares”, declarou o editor.

Alleoni lembra que na última versão do Journal Citation Reports, referente aos índices de 2011, a “Scientia Agricola” alcançou o fator de impacto de dois anos (2009-2010) igual a 0,864, sendo o mais alto entre as revistas brasileiras da área de Ciências Agrárias. “Pela primeira vez, apresentou um fator de impacto superior a 1 (1,14) no cálculo do fator de impacto de 5 anos (2006-2010). Houve, ainda, significativa redução na taxa de citação de artigos da própria revista (auto-citação), atingindo níveis inferiores a 10%”, destacou o docente.

“Scientia Agricola” é editada desde 1992, e desde 2003 publica artigos em língua inglesa, o que permitiu um aumento no leque de revisores e de leitores dos artigos, além de atrair autores de outros países.

As submissões de artigos continuam sendo feitas por meio do site.

Com informações de Alicia Nascimento Aguiar, da Assessoria de Comunicação da Esalq

.