Evento no MAC aproxima jovens artistas e público

Publicado em Cultura, Lazer e Entretenimento por em

Desde agosto de 2010, nos fins de tarde de terças-feiras (sempre às 18 horas), jovens artistas contemporâneos e público se encontram para bater papo no Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP. Trata-se do evento O MAC Encontra os Artistas, definido por Fernando Piola, um dos seus organizadores, como  “uma outra plataforma, que não é exposição mas é o debate, essa conversa. Não só aproximá-lo [o MAC do público e dos artistas] como colocá-lo como um dos agentes dessa discussão”.

A programação dos encontros no primeiro semestre de 2011 já está definida, e pode ser consultada no site do MAC. O local é o auditório do MAC na Cidade Universitária (Rua da Praça do Relógio, 160, Cidade Universitária, São Paulo). Em todos, a entrada é franca, e não há necessidade de inscrição prévia.

Experiência

Para o encontro que ocorreu no dia 19, Rodrigo Matheus foi o convidado. O artista, que já expôs em museus e galerias brasileiros, espanhóis, canadenses e americanos, explora em suas obras a inversão das funções dos objetos e a representação dos signos. Para tanto, se apropria de imagens retiradas de sites de busca, de cenários de videogames e objetos do dia a dia para compor suas obras.

“Considero o encontro uma iniciativa ótima, porque aproxima o público da produção de arte contemporânea. Espero estabelecer um espaço para diálogo e troca. Falar, mas também poder escutar opiniões e responder perguntas”, apontou o artista, pouco antes do início do debate.

O debate aconteceu na terça-feira da Semana Santa, quando não há aulas na graduação da USP, e por conta disso a Cidade Universitária está mais vazia. Ainda assim, 13 pessoas já estavam presentes desde o início do encontro – no final, serão 17 -, a maioria estudantes de Artes Plásticas. Durante o encontro, o público se mantém atento durante a exposição dos trabalhos do artista, e curioso durante a rodada de perguntas.

Isabella Finholdt, estudante de artes plásticas da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, foi ao encontro para conhecer mais o que está sendo produzido na arte nacional. “É tanta coisa pra estudar que a gente, às vezes, não tem nem oportunidade de pensar na produção contemporânea, o que é bastante importante”. Ela, tal qual sua amiga Talita Lopes, também presente ao encontro, diz que provavelmente voltará em outra terça. “Aos poucos o encontro tem um público cada vez mais frequente”, comenta Piola.

Anteriores e Próximos

Para quem quiser conferir os encontros anteriores, é possível assisti-los pelo site O MAC Encontra os Artistas, clicando no nome do artista desejado e em seguida, em “Assista à palestra completa em video aqui”. Outra opção é acessando o site do IPTV USP e fazendo uma busca com o nome do evento.

No dia 26, quem se apresenta é a artista Tatiana Ferraz. Ela tem como tema principal de suas obras a cidade de São Paulo, se utilizando de sua experiência como observadora e pedestre. “Do encontro, espero uma oportunidade de apresentar o meu trabalho. Diferentemente de uma exposição, o formato de bate-papo me parece interessante porque abre um espaço para discutir os projetos que tenho desenvolvido desde sua origem, não apenas digamos o ‘produto final’”, destaca.

.