Sociedade Brasileira de Computação nomeia professores da USP para associação internacional

Publicado em Institucional por em

A Sociedade Brasileira de Computação (SBC) nomeou, entre seis nomes de pesquisadores brasileiros, três professores da USP, o diretor do Centro de Computação Eletrônica (CCE), professor Jaime Simão Sichman; o diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) em São Carlos, professor José Carlos Maldonado; e o professor do Instituto de Química (IQ) da USP, João Carlos Setúbal, para que constem no catálogo de Distinguished Speakers (palestrantes de excelência) da Association for Computing Machinery (ACM), a maior sociedade científica e educacional na área de Computação no mundo.

Inicialmente, houve uma consulta a nomes pelas suas comissões especiais, que reúnem associados com interesses comuns em determinada subárea da Computação. Numa segunda fase, os nomes indicados pelas comissões foram classificados, utilizando critérios como experiência internacional, impacto da pesquisa (publicações e produtos), entre outros.

A ACM tem como objetivo promover o avanço da Computação como ciência e como profissão. Provê aos seus usuários uma vasta biblioteca digital de ótima qualidade, edita periódicos e organiza conferências com grande impacto na área e disponibiliza a seus membros publicações e recursos úteis para a pesquisa e a carreira em Computação. Um de seus programas é denominado ACM’s Distinguished Speakers, que mantém um catálogo internacional de palestrantes renomados. Tais palestrantes podem ser solicitados par qualquer parte do mundo, com custos parcialmente cobertos pela própria ACM.

O professor Jaime Simão Sichman é atualmente professor associado do Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais (PCS) da Escola Politécnica (Poli) da USP. Além disto, atua também como orientador no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação do Instituto de Matemática e Estatística (IME). Seu principal interesse de pesquisa são os sistemas multiagentes, mais particularmente em temas como raciocínio social, organizacional, simulação baseada em agentes, reputação, confiança e interoperabilidade em sistemas baseados em agentes.

O professor José Carlos Maldonado é atualmente professor ICMC da USP. Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Poli, mestrado em Engenharia e Tecnologia Espaciais pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e doutorado em Engenharia Elétrica – Computação e Automação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Na USP, desenvolve pesquisas nos grupos de Engenharia de Software e no Laboratório de Computação Aplicada à Educação e Tecnologia Social Avançada, do ICMC.

João Carlos Setúbal é professor titular do Departamento de Bioquímica do IQ e professor colaborador do Virginia Bioinformatics Institute (EUA). Atua na área de bioinformática e é também coordenador do Núcleo de Pesquisa em Ciências Genômicas. Foi professor do Instituto de Computação da Unicamp de 1986 a 2004 e professor/pesquisador do Virginia Bioinformatics Institute e do departamento de Computer Science da
Virginia Tech (EUA) de 2004 a 2011. É editor associado da revista BMC Bioinformatics. De 1997 a 2000 foi um dos responsáveis pela bioinformática do projeto de sequenciamento do genoma da bactéria Xylella fastidiosa.

Mais informações: emails jaime.sichman@poli.usp.br, setubal@iq.usp.br, e jcmaldon@icmc.usp.br; site www.acm.org

.