HU busca voluntários para estudo sobre depressão

Publicado em Saúde por em

O Centro de Pesquisas Clínicas do Hospital Universitário (HU) da USP começa a estudar a eficácia do tratamento da depressão, pós acidente vascular cerebral (AVC), com estimulação transcraniana por corrente contínua. Segundo o psiquiatra Leandro Valiengo, responsável pelo projeto de pesquisa, “houve um aumento na incidência de AVC, mas a depressão pós AVC costuma ser subdiagnosticada e consequentemente subtratada na população em geral”.

O estudo começou em setembro e será concluído em dois anos, e pretende analisar cerca de 50 pessoas com depressão pós AVC, utilizando ou não medicamentos. O procedimento utilizado pelos médicos pesquisadores consiste em colocar eletrodos, envolvidos em esponjas com soro fisiológico, na região frontal da cabeça do paciente. A estimulação é indolor e não tem sido associada a efeitos colaterais, nem de curto, nem de longo prazo. “A estimulação diária dura cerca de 30 minutos e deve ser aplicada consecutivamente por seis semanas”, explica o psiquiatra.

Estudos mostram que pacientes com depressão pós AVC tem chance de morrer entre 2 e 3 vezes mais do que pacientes com AVC que não tenham depressão. “Assim, é um problema de grande importância e a estimulação transcraniana por corrente contínua pode ser uma boa opção para esses pacientes”, conclui Valiengo.

Os pacientes interessados em contribuir podem se inscrever pelo telefone (11) 3091-9300 ou enviar e-mail para pesquisaavchu@gmail.com.

Com informações de Singular Comunicação.

 

.