Nova edição da Revista Cultura e Extensão USP está na internet

Publicado em Cultura por em

Da Divisão de Comunicação da PRCEU

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária acaba de lançar a nova edição, de número 8, da Revista Cultura e Extensão USP, criada com o objetivo de ampliar a divulgação das atividades de cultura e extensão desenvolvidas por docentes, funcionários e alunos da Universidade. A publicação apresenta, nesta edição, seu novo projeto gráfico e pode ser acessada gratuitamente pelo site.

“A Revista Cultura e Extensão USP pretende, a partir deste número, iniciar uma nova fase, oriunda de várias discussões durante esse tempo em que foram publicados seus primeiros números e levando em consideração as propostas no I Seminário de Revistas de Cultura e Extensão”, explicam os professores Diana Helena de Benedetto Pozzi, editora responsável, e José Nicolau Gregorin Filho, editor associado, no editorial da revista.

O I Seminário de Revistas de Cultura e Extensão, realizado em setembro deste ano, teve como finalidade discutir os objetivos de publicações dessa área. “Uma revista de Cultura e Extensão aberta a todas as áreas e à comunidade, deve ter uma linguagem própria e acessível a todos e não somente atender ao jargão de cada área”, observa a professora Diana no breve relato do evento que abre a nova edição. Para a editora, “o uso de linguagem especializada geraria diminuição do interesse por parte dos leitores, pois cada texto atingiria tão somente o público da área específica”.

Diante dessa proposta, o volume 8 da revista traz onze artigos de diferentes áreas do conhecimento, o que mostram também, para o leitor, a abrangência da área de extensão na Universidade. Da Escola de Comunicações e Artes (ECA), a professora Marisa Midori Deaecto trata da ocupação do centro da cidade por atividades culturais e comerciais em Entre Rendas e Pince-nez: A Dinâmica do Centro de São Paulo – Comércio e Vida Urbana: Combinação Estimulante, Síntese do Desenvolvimento Vertiginoso da Capital Paulista no Limiar do Século XX. Também da ECA, o professor Ferdinando Martins, vice-diretor do TUSP, discute a formação teatral em Um Teatro para Universitários de São Paulo e Além.

Na área de meio ambiente, o artigo Exposição Olhares, Dizeres e Saberes Sobre As Florestas Brasileiras relata os resultados alcançados por uma exposição realizada na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ) sobre a necessidade de conservação das florestas. Já o texto Produção e Avaliação do Desempenho de Painéis de Partículas de Madeira a Partir de Resíduos de Podas de Árvores Urbanas, de um grupo de pesquisadores de São Carlos, trata da viabilidade técnica da produção de painéis de madeira aglomerada, tendo como adesivo um derivado do óleo de mamona.

A edição conta com dois trabalhos na área de Nutrição: Percepção e Expectativas dos Alunos Ingressantes no Curso de Nutrição, da professora Ana Maria Cervato-Mancuso, da Faculdade de Saúde Pública, e da graduanda na área, Maria Eunice Waughan da Silva, e Programa Práticas Educativas em Segurança dos Alimentos na Cidade Universitária Armando Salles de Oliveira, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), sobre a segurança dos alimentos comercializados no campus. Também da FMVZ, pesquisadores discutem o Atendimento a Criatórios de Bovinos e Pequenos Ruminantes Localizados na Grande São Paulo.

Já o artigo Jogando com Ciência e o Curso de Informática para Inclusão Digital: Novos Olhares sobre a Ciência através do Computador apresenta dois projetos do Parque Cientec: o primeiro, Jogando com Ciência, proporciona o contato lúdico com a Física, a Matemática e a Computação, enquanto o segundo, Curso de Informática para Inclusão Digital, visa estimular o aprendizado de informática para pessoas com pouco ou nenhum contato com computadores.

Da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP, a revista traz O Registro Ético no Esporte Socioeducacional: Uma Intervenção Apoiada na Filosofia e Psicologia do Esporte, que apresenta o projeto de extensão “Práticas esportivas na EEFERP: promovendo valores para crianças através do movimento corporal”, realizado em uma escola estadual da periferia da cidade. Também de Ribeirão Preto, dois artigos na área da saúde discutem aspectos da qualidade de vida dos pacientes: Dor orofacial: Compreendendo o Processo pelos Pontos de Vista do Paciente e do Cuidador e Qualidade de Vida e Reabilitação dos Pacientes Oncológicos, sobre um projeto de extensão da Escola de Enfermagem (EERP).

Mais informações: site www.usp.br/prceu

.