IEA apresenta projeto de Academia Intercontinental durante encontro em Israel

Publicado em Institucional por em

O Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP esteve presente no encontro dos diretores dos University-Based Institutes for Advanced Study (Ubias), rede que integra 32 institutos de estudos avançados vinculados a universidades de todo o mundo. O evento, que teve como tema Moldando o Futuro: Navegando em um Mundo em Transformação, aconteceu nos dias 4 a 6 de março, no Instituto de Estudos Avançados da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel.

Os participantes fizeram um balanço dos três anos de existência da rede, trocaram experiências, trataram de planos de cooperação bilaterais e multilaterais e definiram estratégias de interação e colaboração, além de debater questões ligadas a transformações globais em curso, como a Primavera Árabe e o futuro do ensino superior e da pesquisa.

Academia intercontinental

No encontro, o diretor do IEA, Martin Grossmann, fez uma exposição sobre os resultados do primeiro ano do Projeto de Gestão 2012-2017 e apresentou, com Dapeng Cai, pesquisador do Instituto de Pesquisa Avançada (IAR, na sigla em inglês) da Universidade de Nagoya, Japão, o projeto-piloto da Academia Intercontinental, iniciativa experimental dos Ubias sob a responsabilidade do IEA e do IAR, que visa a promover o intercâmbio científico entre gerações, disciplinas e culturas.

Para isso, serão selecionados 15 jovens pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento e universidades do mundo para se dedicar0 a um estudo colaborativo de caráter interdisciplinar, sob a orientação de três cientistas seniores.A proposta feita por Grossmann e Cai foi aprovada e pode ser resumido na expressão “2+2+2+2”: dois institutos da rede de dois continentes vão se unir para o desenvolvimento de uma pesquisa conjunta ao longo de dois anos, período em que serão realizados dois workshops.

A previsão é que as atividades presenciais da Academia tenham início em março de 2014, com a realização do primeiro workshop na cidade de São Paulo, quando os pesquisadores terão a oportunidade de trocar experiências, participar de programas interculturais e de discutir o tema de pesquisa, que deverá estar relacionado à busca de soluções para um grande desafio global.

Consolidação dos Ubias

O encontro dos diretores em Israel é o terceiro evento promovido pelos Ubias. O primeiro foi em outubro de 2010, quando aconteceu a conferência de fundação da rede, sediada pelo Freiburg Institute for Advanced Studies (Frias) da Universidade Albert Ludwig de Freiburgo, Alemanha. O evento reuniu dirigentes de 32 institutos de estudos avançados de 19 países de cinco continentes para discutir o tema Instituto de Estudos Avançados Vinculados a Universidade em uma Pespectiva Global: Promessas, Desafios e Novas Fronteiras.

O segundo evento, realizado em março de 2012 no Jawaharlal Nehru Institute of Advanced Studies (JNIAS), da Universidade Jawaharlal Nehru, em Nova Delhi, Índia, reuniu representantes de oito dos 11 institutos que compõem o comitê de coordenação dos Ubias, incluindo Grossmann. Na ocasião, os participantes definiram propostas preliminares de cooperação entre os institutos, entre elas a criação da Academia Intercontinental.

Um quarto evento já está agendado para setembro deste ano: a conferência interdisciplinar Conhecimento Científico e Acadêmico, que acontecerá no Peter Wall Institute for Advanced Studies da University of British Columbia, em Vancouver, Canadá.

Mais informações: site www.iea.usp.br

.