Tese defendida na Poli vence Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade

Publicado em Ciências por em

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a empresa VALE S.A. concederam o Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade à tese de doutorado Síntese de nanotubos de carbono a partir do reaproveitamento de resíduos sólidos carbonosos, de autoria do pesquisador Joner Oliveira Alves e orientação do professor Jorge Alberto Soares Tenório. A tese defendida em 2011 no Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica (Poli) da USP foi eleita o melhor trabalho na área de “Aproveitamento, reaproveitamento e reciclagem de resíduos e/ou rejeitos”.

O trabalho desenvolvido teve como objetivo a produção de nanomateriais a partir do reaproveitamento dos gases gerados pela queima do bagaço da cana, resíduo de milho, garrafas PET pós-consumo e pneus inservíveis. Parte do trabalho foi desenvolvida durante o estágio de um ano que o pesquisador realizou no College of Engineering da Northeastern University, em Boston (EUA).

Esta é a quinta distinção conferida a trabalhos referentes à pesquisa de doutorado de Joner Alves. Anteriormente foram outorgados o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia (UNESCO), Prêmio Antonio Mourão Guimarães (ABM/Magnesita) e menções honrosas no Prêmio AEA de Meio Ambiente (AEA) e Prêmio Capes de Tese (CAPES).

Prêmio Vale-Capes

O Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade foi criado a partir de uma parceria entre a Capes e a Vale firmada durante a conferência Rio +20. A premiação é referente às teses e dissertações defendidas no Brasil em 2011, tendo entre os critérios avaliados ideias, soluções e processos inovadores para questões como redução do consumo de água e energia, redução de gases do efeito estufa (GEE), aproveitamento, reaproveitamento e reciclagem de resíduos e/ou rejeitos e tecnologia socioambiental com ênfase no combate à pobreza.

Os autores das teses de doutorado vencedoras receberão R$ 15 mil e uma bolsa para realização de estágio pós-doutoral de até três anos em instituição nacional, podendo converter em um ano fora do país. Já os ganhadores na categoria de mestrado receberão R$ 10 mil e uma bolsa para realização de doutorado em instituição nacional. Os orientadores também serão prestigiados, recebendo auxílio equivalente a uma participação em congresso nacional e internacional, relacionado à área temática da tese. No caso de mestrado, o orientador vai receber R$ 3 mil e o de doutorado, US$ 3 mil. A cerimônia de premiação acontecerá em maio/2013, no edifício sede da Capes em Brasília.

Com informações de Joner Oliveira Alves

Mais informações: email joner@usp.br, com o pesquisador Joner Oliveira Alves

.