Professoras e fonoaudiólogas da FOB recebem Prêmio Excelência em Audiologia

Publicado em Institucional por em

Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Campus USP de Bauru 

O trabalho Resultados do Projeto Piloto: Uso de Sistema FM na Escolarização de Estudantes com Deficiência Auditiva, desenvolvido pelo Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP, recebeu o Prêmio Excelência em Audiologia 2013. O Prêmio foi anunciado e entregue no vigésimo oitavo  Encontro Internacional de Audiologia (EIA), realizado de 24 a 27 de abril em Salvador.

O trabalho premiado é de autoria das professoras da FOB, Maria Cecília Bevilacqua, Regina Tangerino S. Jacob e Adriane de Lima Mortari Moret e das fonoaudiólogas e pós-graduandas do campus USP de Bauru, Marina Morettin, Ana Lívia Libardi, Mariane Perin, Julia Speranza Zabeu, Vanessa Luisa Destro Fidêncio, Aline Duarte, em pareceria com outras instituições brasileiras.

A professora Maria Cecília Bevilacqua foi uma das coordenadoras do trabalho, que foi financiado pelo MEC/SECADI (Termo de Cooperação No. 15850 / FNDE). O objetivo da pesquisa foi desenvolver um modelo de capacitação de professores das salas de recursos, gestores e profissionais de educação da rede pública de ensino, visando propiciar a apropriação de conhecimentos sobre a audição e a deficiência auditiva, suas implicações e recursos tecnológicos, em especial os sistemas de FM, a fim de favorecer a acessibilidade auditiva e o desenvolvimento da criança no ambiente educacional para sua inclusão de fato e de direito.

Segundo a professora Regina Tangerino S. Jacob, uma das autoras, “as recomendações deste trabalho contribuíram para uma nova Política Pública na área da Audiologia, ou seja, a incorporação do sistema de frequência modulada pessoal-FM pelo SUS”. Esta incorporação no Sistema Único de Saúde (SUS) deu-se pela Portaria MS-SCTIE nº 21, de 07/05/13 DOU de 08/05/13 página101, seção 1 nº 87.

Mais informações: email sci@usp.br

.