Vivência em escolas e jogos matemáticos compõem licenciatura modernizada no ICMC

Publicado em Educação por em

Fernanda Vilela / Assessoria de Comunicação do ICMC

O processo de aprendizado nas escolas de formação básica tem mudado com o passar dos anos. Para capacitar os professores que entram neste novo cenário educacional, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, tem investido em novas disciplinas e projetos no curso de Licenciatura em Matemática.

A professora do Departamento de Matemática, Miriam Utsumi, explica que as mudanças na estrutura curricular da licenciatura começaram a partir da observação das exigências presentes na escola. “Os alunos não estão mais dispostos a assistir uma aula de Matemática com giz e lousa. Percebemos que eram necessárias outras atividades para motivar esses alunos”, diz.

Neste contexto, a coordenadora do curso de Licenciatura em Matemática, Edna Zuffi, propôs duas novas disciplinas para a grade curricular: Ensino de Matemática por Múltiplas Mídias e Ensino de Matemática para Alunos com Necessidades Especiais. “Incorporamos estas disciplinas com a preocupação de formar professores que saibam lidar com essas novas exigências educacionais”, explica Miriam.

Segundo Edna, a inserção dessas novas disciplinas no ICMC foi precoce. “Em 1998 foi proposta a de Múltiplas Mídias como uma disciplina optativa. E a partir da grade de 2012 ela passou a ser uma disciplina obrigatória”, conta.

A docente explica que na época em que a disciplina foi proposta já havia a discussão sobre a inclusão das novas tecnologias em sala de aula. “A ideia é que haja um momento de reflexão no curso de formação de professores de matemática do uso de tecnologias para o ensino de Matemática com foco em todas as possibilidades midiáticas.”

Além disso, os estudantes de licenciatura do ICMC realizam diversas visitas didáticas a instituições de ensino. Segundo Miriam, as visitas proporcionam a troca de aprendizado e experiências entre os alunos do Instituto e outras instituições. “Procuramos levar os alunos onde exista algum tema que interfira na prática escolar.”

Vivência em escolas da rede pública

Financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o ICMC mantém um projeto de apoio à docência como componente articulador da prática de formação inicial do professor, proporcionando ao estudante de licenciatura a vivência dentro do ambiente escolar como iniciativa para o aperfeiçoamento e a valorização da formação de professores de educação básica.

O Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) concede bolsas aos alunos de licenciatura em parceria com escolas de educação básica da rede pública de ensino de São Carlos, inserindo os estudantes no contexto das escolas públicas desde o início da sua formação acadêmica.

“Hoje em dia, o papel do professor ampliou-se muito. Ele tem que fazer a gestão da sala de aula, dar conta de ensinar o conteúdo, manter a disciplina da classe e cuidar da parte burocrática, além de proporcionar a parte afetiva que muitos alunos não têm. Então, essa pluralidade e riqueza da escola eles já vão vivenciando desde o início da licenciatura”, aponta Miriam.

Novas mídias educacionais

O Departamento de Matemática do ICMC tem dois laboratórios especializados no desenvolvimento de novas práticas de aprendizado, utilizando jogos matemáticos. São os laboratórios de Ensino de Matemática (LEM) e de Educação Matemática (LEMa), ambos vinculados ao Grupo de Educação Matemática.

A professora Mirim esclarece que o licenciando precisa entender e identificar as dificuldades presentes na rotina escolar. “O professor deve saber quais materiais utilizar para ensinar os alunos. Nesses laboratórios estimulamos nossos alunos a criarem novos meios de ensino para tornar a aula mais interessante e diversificada.”

Programa de Mestrado Profissional em Matemática

Já em nível de pós-graduação, o ICMC participa do programa o ProfMat – Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional, mantido pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Oferecido gratuitamente, o programa concede ao professor que já atua nas escolas o grau de mestre. A prioridade é para professores de escola pública, mas também são oferecidas vagas para os demais candidatos.

Mais informações:  (16) 3373-9723 – LEM; (16) 3373-9512 – LEMa; ou site http://goo.gl/FH7Gy

.