Manifesto pede mudança na abordagem de análise de acidentes no trabalho

Publicado em Saúde por em

Da Assessoria de Comunicação Institucional da FSP

A elaboração de um manifesto (petição pública) para mudar a abordagem de análise de acidentes no trabalho em direção à prevenção foi o resultado das discussões ocorridas no encontro do Fórum de Acidentes no Trabalho, ocorrido em abril deste ano, na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. O professor Rodolfo Andrade de Gouveia Vilela, docente do Departamento de Saúde Ambiental da FSP, faz parte do grupo coordenador do Fórum.

O documento destaca e crítica, entre outros aspectos do contexto sócio econômico e cultural brasileiro, a predominância e manutenção da explicação de acidentes como fenômenos decorrentes do erro humano. Esta iniciativa visa a contribuir para superação dessa forma anacrônica e ineficiente de pensar os acidentes.

O manifesto propõe a revisão imediata da NBR 14280/2001 com a incorporação de uma abordagem moderna de prevenção de acidentes e mais adequada às necessidades de prevenção do país. Além disso, ele propõe também ampliar a difusão da segurança organizacional e a crítica à abordagem comportamental nas diversas esferas de atuação e formação dos profissionais que têm interface com a prevenção (centros de pesquisa e formação, empresas, sindicatos, universidades, poder judiciário, Ministério Público, associações, polícia técnica, serviços de fiscalização e de vigilância em saúde, entre outros).

O grupo coordenador do Fórum tirou como meta recolher 10 mil adesões ao manifesto-petição pública, que será encaminhado ao Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério da Saúde, Ministério da Indústria e Comércio, Ministério da Educação, Ministério da Justiça, Ministério Público do Trabalho, Tribunal Superior do Trabalho, Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), entre outros poderes públicos do país e entidades ligadas ao mundo do trabalho.

O manifesto está disponível para assinatura neste link.

Mais informações: (11) 3061-7120, email ravusp@gmail.com

.