Festa do Livro da USP reúne editoras com descontos de mais de 50%

Publicado em Cultura, USP Online Destaque por em

20131210_1Em época de ascensão dos e-books, o evento mais aguardado da Universidade mostra que a cultura do livro digital e do impresso podem coexistir. Nos dias 11, 12 e 13 de dezembro, acontece a 15ª Festa do Livro da USP. A feira é uma oportunidade para os visitantes adquirirem publicações com preços acessíveis e para as editoras divulgarem seus catálogos e fazerem girar seus estoques.

Muitos alunos aguardam o ano inteiro esse momento para aquisição de livros com desconto. A concentração de público faz com que a redução dos preços seja vantajosa para as editoras. “Sabemos da dificuldade que estudantes têm de adquirir livros e formar uma biblioteca, conhecemos a cultura do xerox nas universidades. A feira é uma maneira de aproximar o mercado à realidade do público universitário”, relata Florencia Ferrari, diretora editorial da Cosac Naify.

Circulam, durante os três dias de evento, mais de 100 mil pessoas e cerca de 200 mil volumes são vendidos – número muito maior do que o comum em uma Bienal. O público que frequentou outras edições da feira, em geral, já sabe quais obras quer adquirir. A fim de atender à demanda, no site da Edusp é possível verificar as editoras que estarão presentes nesta edição, bem como o seu catálogo de livros e o preço a que serão vendidos, o que facilita a venda e evita filas e aglomeração nas mesas expositoras.

De acordo com Helena Rodrigues, coordenadora editorial da Humanitas, “a feira é um evento muito esperado pelos estudantes e possibilita o acesso a obras que, na maioria das vezes, não seriam adquiridas se as editoras não oferecessem os descontos. E também um momento em que a Universidade reforça o seu papel e as suas relações com a comunidade.”

Foto: Marcos Santos / USP Imagens

A feira surgiu no final dos anos 80, com o objetivo de disseminar estoques excedentes. Nos dois primeiros anos, então, apenas livros da Editora da USP (Edusp) eram vendidos a preço de custo, para dar vasão e desocupar os depósitos.

A Festa do Livro foi ampliada com o convite a diversas editoras parceiras que possuíam catálogo adequado ao público da universidade.  A condição para elas participarem ainda é trazer seu o catálogo completo e dar desconto de no mínimo 50%. Se isso não acontece, são excluídas da festa seguinte.

Segundo, Plinio Martins Filho, diretor presidente da Edusp, eles evitam convidar editoras que publicam best sellers, pois já possuem espaço nas livrarias. A preferência é dada para aquelas que detêm um catálogo acadêmico, com exceção das editoras de livros infanto-juvenis. Essa é, segundo o professor, uma forma de privilegiar as pequenas publicadoras.

O evento tem o livro como objeto central, portanto não traz autores nem promove lançamentos, diferente de uma Bienal, onde os descontos são pequenos e cujo foco não é a venda. Para participar de uma Bienal, o investimento é alto. Já no evento promovido pela USP, o custo inclui apenas o aluguel das mesas e segurança. A Edusp apenas administra o evento, sem fins lucrativos.

Para Martins Filho, a Festa é prova de que o consumo do livro não está diminuindo. Em tempos de cultura fragmentada, com a internet, “o livro é o repositório mais permanente da cultura, está sempre disponível”.

Serviço

15ª Festa do Livro da USP

Data: 11,12 e 13 de dezembro

Horário: 9 às 21 horas

Local: Escola Politécnica (Poli) – Prédios da Engenharia Mecânica e Civil

Acessos: bolsão da Poli, Av. Prof. Luciano Gualberto, travessa 3 ou Av. Prof. Mello Moraes próximo à Mecânica

Editoras Participantes

Catálogos das Editoras Participantes

Localização dos Prédios

Lista e Localização das Editoras participantes dentro dos prédios

Mais Informações: email flusp2013@gmail.com, site http://www.edusp.com.br/festadolivro/index.asp

.