ICMC oferece bolsa de pós-doutorado em sistemas educacionais inteligentes

Publicado em Educação por em

O Laboratório de Computação Aplicada à Educação e Tecnologia Social Avançada (CAEd) do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, está selecionando doutores para uma vaga de pós-doutorado na área de sistemas educacionais inteligentes.

O pós-doutorando receberá uma bolsa no valor de R$ 4.100,00 mensais, com um adicional de R$ 400,00 por mês referente à taxa de bancada, durante um período de 12 meses, prorrogáveis por igual período. O início das atividades acontecerá imediatamente após a seleção.

O bolsista atuará nas áreas de engenharia de ontologias, sistemas tutores inteligentes, experimentação e aprendizagem colaborativa com suporte computacional. Será responsável por auxiliar e executar as atividades de pesquisa inovadoras no laboratório, se envolvendo no design, desenvolvimento, avaliação e implementação de tecnologias educacionais avançadas para diferentes domínios de aplicação em conjunto com pesquisadores e alunos de graduação, mestrado e doutorado.

O projeto, financiado pelo CNPq, envolve um grupo de pesquisa internacional com colaboradores de diferentes partes do Brasil e do Japão. O candidato selecionado irá conduzir suas pesquisas em conjunto com o professor Seiji Isotani, coordenador do projeto junto ao CNPq.

Os interessados devem entrar em contato por e-mail com o professor (sisotani@gmail.com), com a seguinte especificação no assunto “Vaga Posdoc em Sistemas Educacionais Inteligentes”. À mensagem, deve ser anexado o curriculum vitae (CV) do candidato ou o link para o CV Lattes, além da descrição dos motivos pelos quais acredita ser um bom candidato à vaga e o endereço de e-mail de um professor doutor que poderá atestar suas habilidades. Os candidatos mais bem qualificados serão entrevistados via Skype ou presencialmente para decisão final.

O candidato deverá dedicar-se integralmente às atividades programadas e não ter outra bolsa, além de possuir título de doutor há menos de 7 anos, contados a partir a data da bolsa pleiteada, e não possuir vínculo empregatício/funcional ou, caso tenha vínculo, que seja em uma instituição distinta e distante de São Carlos no mínimo 150 km. No currículo do candidato deverá constar publicações em revistas e conferências internacionais, domínio da língua inglesa (escrita e fala). Também é necessário possuir uma boa recomendação de um professor doutor que conheça suas habilidades.

É desejável, ainda, que o candidato possua conhecimentos em pelo menos um dos seguintes aspectos: experimentação (definição e execução de experimentos); ciência da aprendizagem ou psicologia da aprendizagem; sistemas tutores inteligentes; aprendizagem colaborativa com suporte computacional; engenharia de ontologias; gamificação.

Com informações da Assessoria de Comunicação do ICMC

Mais informações: (16) 3373-8169, email sisotani@gmail.com

.