Regina Amantini é designada para a função de superintendente do Centrinho em Bauru

Publicado em Institucional por em

Do Serviço de Comunicação do HRAC/Centrinho

Foi publicada no Diário Oficial do Estado do dia 26 de março a portaria de designação de Regina Célia Bortoleto Amantini para exercer a função de superintendente do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP. O mandato será de quatro anos.

De acordo com o regimento da Universidade, a dirigente foi indicada pelo reitor Marco Antonio Zago com base em lista tríplice elaborada pelo Conselho Deliberativo do Hospital, na qual a fonoaudióloga obteve maioria absoluta dos votos no primeiro escrutínio.

Trajetória

Graduada em fonoaudiologia pela Universidade do Sagrado Coração (1987), mestre em Distúrbio da Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1993) e doutora em Distúrbio da Comunicação Humana pelo Centrinho (2002), Regina Célia Bortoleto Amantini é fonoaudióloga desde 1989 no HRAC.

Entre 1990 e 2006 atuou no Programa de Implante Coclear da instituição. Em outubro de 2006, assumiu a Chefia Técnica da Divisão de Saúde Auditiva do Centrinho, onde permaneceu até maio de 2012.

Atuando desde julho de 2011 como substituta do então superintendente e um dos fundadores do Hospital, José Alberto de Souza Freitas (Tio Gastão), em suas eventuais ausências e férias, Regina Amantini foi designada pela reitoria como superintendente “pró tempore” em maio de 2012, devido à aposentadoria de Tio Gastão. Desde então, vem respondendo pela Superintendência do Hospital.

Coordenou o Curso de Especialização em Audiologia do Instituto de Comunicação e Audição (entre abril de 2001 e janeiro de 2012). Tem experiência na área de fonoaudiologia e saúde auditiva, com ênfase em implante coclear e audiologia clínica, atuando nos seguintes temas: implante coclear multicanal, diagnóstico audiológico diferencial, avaliação eletrofisiológica e saúde auditiva.

Mais informações: (14) 3235-8156

.