Morre o professor Edmundo Ferraz Nonato, do Instituto Oceanográfico

Publicado em Institucional por em

Da Agência USP de Notícias

O professor Edmundo Ferraz Nonato, do Instituto Oceanográfico (IO) da USP, morreu no dia 14 de abril, aos 93 anos, em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Nonato era professor emérito do IO. Formou-se bacharel e licenciado em História Natural pela USP em 1942 com especialização pela Sorbonne (Paris) em 1950. De 1942 a 1955 integrou o Departamento de Biologia Geral. Foi contratado em 1955 pelo IO, onde desenvolveu um inestimável trabalho diário em prol da ciência e da formação de profissionais altamente capacitados.

Em 1955, Nonato teve participação fundamental na escolha e implantação da Base de Pesquisas do IO em Ubatuba, onde foi primeiro chefe-científico.

O professor recebeu vários prêmios de pesquisa, especialmente por sua dedicação ao estudo dos poliquetas, vermes aquáticos. Em 2012, seu nome foi dado a Coleção Biológica “Prof. Edmundo F. Nonato”, do IO. Nonato também fez parte da equipe de pesquisas do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Antártico de Pesquisas Ambientais.

Seu velório será realizado dia 17 de abril, às 10 horas, no auditório do IO. A cerimônia de cremação ocorrerá no Cemitério da Vila Alpina, às 13 horas.

Mais informações: site http://www.io.usp.br/article673

.