Morre o compositor Mario Ficarelli, ex-chefe do Departamento de Música do CMU

Publicado em Institucional por em

Maria Eugenia Aparecida Barbosa Gouveia / Laboratório Agência de Comunicação da ECA

Faleceu aos 79 anos, no dia 2 de maio, o compositor Mário Ficarelli. Um dos compositores mais importantes de música clássica brasileira, Ficarelli criou mais de 150 obras em diversas formações e foi premiado no Brasil, na França e na Alemanha, além de ter tido obras editadas na Europa e nos Estados Unidos. Entre suas composições mais conhecidas está a Sinfonia nº 2 – Mhatuhabh, que foi encomendada e inaugurada pela Orquestra da Tonhalle de Zurique, no início dos anos 90, sob regência do maestro Roberto Duarte.

Foi membro da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea desde 1975, da Academia Brasileira de Música (ABM), desde 1994 – tendo participado da diretoria de ambas; bem como da SUISA – Schweizerische Gesellschaft für die Rechte der Urheber musikalischer Werke desde 1992.

Seu nome é verbete em destacadas publicações, tais como Groves Dictionary of Music e Who’s Who in the World (1998).

Em 2011, foi defendida dissertação de Mestrado sobre o Concerto para Viola e Orquestra com o título: “Mario Ficarelli e a Música Brasileira, um estudo sobre o Concerto para Viola e Orquestra”, por Van Zandonad, na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O professor Ficarelli chefiou o Departamento de Música em quatro gestões. Foi professor de Rítmica, Harmonia, Contraponto, Formas e Composição.

 

.