Diversidade musical marca repertório do Festival CoralUSP

Publicado em Cultura por em

Stella Bonici / Jornal da USP

Foto: Divulgação / Coralusp
Foto: Divulgação / Coralusp

No período de 2 a 7 de junho acontece a 9ª edição do Festival CoralUSP, que conta com dez dos seus 11 grupos, além de outros corais de São Paulo e cidades vizinhas, que se apresentam como convidados. Fundado em 1967 por Benito Juarez e José Luiz Visconti, o CoralUSP adquiriu reconhecimento nacional e internacional, e já realizou quatro extensas turnês no exterior, além de conquistar cinco premiações APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Segundo a diretora artística do coral, Marcia Hentschel, o festival veio em função da necessidade de se conhecer o repertório dos grupos que compõem o coral. Cada grupo do CoralUSP possui sua particularidade, e seus repertórios misturam música erudita com popular, internacional com nacional, moderna com clássica, e, segundo Marcia, essa é a principal bandeira do coral.

Na abertura, no dia 2, o grupo 12 em Ponto apresenta a diversidade da música dos anos 70, misturando a música de protesto, com a hippie e a soul music, acompanhado do Acorda Vocal. Já no dia 3, o Sul Fiato, cuja característica é um repertório eclético que tem como tema a natureza em seu projeto atual, traz entre seus destaques a canção Arca de Noé, de Ernest Mahle e Vinicius de Moraes, acompanhado pelo Coral da Escola do Auditório Ibirapuera e o Grupo Vocal Rock’in’Voice. No dia 4, Tendal e Azul, ambos do CoralUSP, fazem a apresentação junto ao Madrigal Sempre em Canto. O grupo Tendal tem, em seu repertório, músicas tradicionais das três Américas (do Sul, Central e do Norte), enquanto o Azul traz no seu programa canções brasileiras e norte-americanas dos anos 50 e 60.

No dia 5, os grupos do CoralUSP Zimana, que tem como destaque as canções Don Quichote, de Carlo Hemmerling, e Avert Those Omens, de G. Haendel, e Yayá, cujo repertório consiste em uma coletânea de peças originais para coro e arranjos vocais de músicas de vários países e povos de vários continentes, se apresentam junto aos convidados Grupo Vocal Canto Ma Non Presto e Coral Comunicantus, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP. No dia 6, se apresentam o grupo Sestina, reproduzindo canções que retratam a natureza e as estações do ano, e o grupo Tarde, com repertório eclético e diferentes estilos da música de coral, ao lado do Grupo Vocal Seis Canta. E encerrando a programação, no dia 7, o Jupará, com composições sacras e seculares de diversos períodos da música de coral, de arranjos de MPB à Renascença, se apresenta junto ao XI de Agosto, com repertório de rock – que vai de Elvis Presley a Legião Urbana, passando por Metallica, Beatles, Cazuza e Titãs –, realçado pela expressão cênica. Como convidado do dia, a apresentação conta com o Coral Municipal Zanzalá, de Cubatão.

Serviço

O 9º Festival CoralUSP acontece de 2 a 7 de junho, de segunda a sexta, às 20h30, e sábado, às 18h, no Auditório István Jancsó da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (r. da Biblioteca, s/nº, Cidade Universitária). Grátis.

Diversidade musical marca repertório do Festival CoralUSP
Editoria: Cultura - Autor: - Data: 30 de maio de 2014

Palavras chave: , , , , ,

.