INCT-SEC assina convênio com Exército Brasileiro para uso de veículos aéreos

Publicado em Sociedade por em

Com intuito de impulsionar a utilização de veículos aéreos não tripulados (VANTs) nas atividades realizadas pelo Exército, foi assinado convênio de cooperação entre o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Sistemas Embarcados Críticos (INCT-SEC) e o Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército Brasileiro. A reunião de assinatura do convênio ocorreu no último dia 15, na sede da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), em São Paulo.

Estiveram presentes o Chefe do DCT, General de Exército Sinclair James Mayer, representantes do INCT-SEC: o coordenador e diretor do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, sede do INCT-SEC, professor José Carlos Maldonado, a diretora administrativa e operacional, professora Kalinka Castelo Branco e o diretor de relações institucionais, professor Onofre Trindade Jr., além do presidente da FAPESP, Celso Lafer.

Um termo de intenções de cooperação foi assinado para fazer a prospecção de possibilidades de desenvolvimento e aplicações e, com isso, desenvolver projetos e termos sobre a colaboração estabelecida.

De acordo com o general Mayer, a utilização de VANTs é fundamental. “Nós temos um sistema de vigilância de fronteiras em que o VANT tem um papel preponderante. Fisicamente fazemos isso só com pessoas, o que é muito difícil. Este tipo de aeronave é um multiplicador do nosso poder de vigilância, será muito útil para o Exército e contamos com o apoio de São Carlos(SP) para trabalhos futuros”.

Durante a reunião, Lafer afirmou que o convênio é importante para a continuidade do trabalho conjunto entre as instituições.“Tive muito prazer deste convênio ser assinado aqui, pois é um passo adiante para o que está em desenvolvimento. O general pode expor as preocupações, os itens da agenda com a qual o Exército pretende trabalhar e a FAPESP está pronta para examinar projetos que possam ser apoiados no Estado de São Paulo”.

Segundo Maldonado, o encontro enfatizou uma das proposições do Instituto que é o estabelecimento de parcerias para a ampliação das possibilidades de aplicações. “O Exército está incumbido de diversas ações de relevância nacional e estratégica e um dos domínios de aplicação do INCT-SEC é a defesa. É de extrema importância poder aplicar os produtos, conhecimento e tecnologias avançadas produzidos  pelo Instituto em domínios relevantes no contexto nacional, econômico e social. Esperamos que diversas ações sejam identificadas para levar ao desenvolvimento efetivo”.

Da Assessoria de Comunicação do INCT-SEC

Mais informações: site www.inct-sec.org

.