Alunos da EESC vencem desafio sobre uso do Zinco no agronegócio e na saúde humana

Publicado em Institucional por em

Keite Marques / Assessoria de Comunicação da EESC

Os alunos Petry Carvalhal Melo e Guilherme Flandoli Romeiro, graduandos do curso de Engenharia Ambiental da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, em São Carlos, foram os vencedores do desafio proposto pela empresa de exploração de minérios Votorantim Metais em parceria com a Battle of Concepts — empresa que trabalha com o conceito de inovação aberta que traz ideias inovadoras do ambiente externo para dentro das organizações.

Os estudantes tiveram conhecimento do concurso através do Clube de Empreendedorismo de São Carlos, e o interesse em participar veio da motivação em aprender novas técnicas na área de negócios. O desafio proposto intitulado Como aumentar o uso do Zinco no agronegócio e na saúde humana? teve como objetivo reunir projetos criados por alunos com novas propostas para expandir uma cultura sobre a necessidade e os benefícios do minério nos segmentos do agronegócio e da saúde humana. Como solução, eles desenvolveram o projeto de uma sacola biodegradável rica em zinco.

A criação consiste em um ciclo de aproveitamento que pode atender diversas necessidades e propor uma boa utilização para as sacolas. No agronegócio, o material poderia proporcionar ao solo uma maior concentração do micronutriente, que é essencial no crescimento de plantas e frutos. Na saúde humana, o consumo de alimentos ricos em zinco promove importantes benefícios à estética e à regulação de nutrientes no organismo, segundo Melo.

“Foi muito interessante participar do evento, pois tivemos oportunidade de conhecer um pouco mais da atuação da empresa e do ambiente de trabalho, com destaque do incentivo ao empreendedorismo”, explicou o aluno.

A equipe recebeu R$ 5 mil pela primeira colocação, que foram entregues no dia 3 de junho de 2014 em um evento de premiação no escritório da Votorantim, com representantes da empresa. Foram avaliados 39 projetos e os ganhadores foram nomeados em abril.
Melo comentou que ficou surpreso com o primeiro lugar, pois, mesmo sabendo que o projeto enviado era bastante inovador e de qualidade, ele estava concorrendo com vários trabalhos no mesmo nível. “O prêmio foi muito importante, pois pudemos reconhecer a capacidade empreendedora dos participantes e as instituições que valorizam isso”, afirmou.

Como parte do prêmio, no último dia 7 de agosto a dupla vencedora foi conhecer a unidade produtiva da Votorantim em Juiz de Fora. Na ocasião os convidados puderam conhecer um pouco sobre a cultura e os valores da empresa, outras unidades, produtos e processos, além dos projetos e políticas de responsabilidade social e ambiental.

“A visita foi muito proveitosa, como graduando em engenharia ambiental me interessei bastante pelo processo de controle de emissão de gases, assim como as suas diferentes matrizes energéticas e disposição dos resíduos gerados. Com a visita, foi possível ter uma noção concreta e importante do que ocorre na indústria”, destacou Romeiro.

Os estudantes ressaltaram a importância de concursos como esse por ser um incentivo aos universitários exporem suas ideias inovadoras, utilizando as técnicas aprendidas na Universidade e o raciocínio para a solução de casos reais. “Participando os alunos podem ter noção do que ocorre fora do ambiente acadêmico e quais são os problemas enfrentados pelas empresas. Além disso, o incentivo é ainda maior quando existe um reconhecimento pelo trabalho realizado”, comentou a dupla.

Mais informações: (16) 3373-6600

.