Supera Incubadora de Empresas recebe propostas em diversas áreas

Publicado em Tecnologia por em

Da Agência USP de Notícias

A Supera Incubadora de Empresas divulgou o número de vagas disponíveis para a segunda rodada do processo seletivo 2014: ao todo, são oito vagas (três pré-incubações; duas incubações e três associações). O acolhimento de novas propostas vai até o dia 29 de agosto e podem participar empresas nas áreas de biotecnologia, medicina humana e veterinária, tecnologia da informação, além de empresas no ramo de materiais médicos, hospitalar, odontológico e instrumentação.

O processo também vale para projetos de outras áreas do conhecimento, desde que inovadores. “Os empreendedores interessados em uma das vagas da Supera passarão pelo curso de capacitação para a elaboração de modelo de negócios e, depois, se apresentarão para uma banca avaliadora que julgará os modelos de negócio apresentados por eles.”, explica Saulo Rodrigues, gerente da Incubadora.

A banca irá avaliar a viabilidade técnica e econômica do empreendimento, o conteúdo tecnológico e grau de inovação dos produtos e serviços. Posteriormente, os empreendimentos serão avaliados pelo Conselho Consultivo da Supera, que irá escolher os empreendedores que passarão a fazer parte da Incubadora.

Os empreendedores classificados receberão apoio para criar, gerir e impulsionar os negócios, além de poderem usufruir de toda a rede de contatos da Fipase – o que contribui para futuras parcerias e negócios. O edital pode ser consultado neste endereço.

Supera Incubadora e Fipase

Ligada à Fipase – Fundação Instituto Polo Avançado da Saúde, a Supera Incubadora de Empresas auxilia na criação de empresas de base tecnológica. A Incubadora atua, no momento, com 33 empresas, sendo 10 em pré-residência, 20 em residência e 3 associadas. Além da infraestrutura para pré-residência e residência, a Incubadora oferece consultorias gerenciais, capacitação, rede de contatos, além de facilitar a participação das empresas em eventos nacionais e internacionais.

A Supera é resultado de uma parceria entre a Fundação Instituto Polo Avançado de Saúde (Fipase), a Universidade de São Paulo, a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo.

A Fipase, criada em 2001, por meio de lei municipal, atua no desenvolvimento da indústria de equipamentos e produtos de saúde em Ribeirão Preto, e no apoio aos setores de tecnologia da informação, biotecnologia, química, fármacos e cosméticos.

Mais informações: (16) 981520398

.