HU inaugura espaço cultural com mostra de arte sobre o futebol

Publicado em Artes, Cultura, USP Online Destaque por em

Na última quinta-feira (1º), o Hospital Universitário (HU) da USP inaugurou a exposição Os onze futebol e arte, seu novo espaço cultural. O local fica no terceiro andar do prédio da administração, próximo à superintendência do Hospital, e ficará aberto, gratuitamente, não só para funcionários e pacientes, mas para todo o público interessado.

A mostra foi preparada para a Copa da África em 2010 e rodou o Brasil nos últimos anos, passando por Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e algumas outras cidades da América do Sul. O HU é o último local onde esta mostra será exibida.

A exposição estará no local até 3 de abril, de segunda à sábado, das 8 às 19 horas. No total são 13 obras, sendo 12 telas e uma técnica mista (algo entre uma escultura e uma pintura) de 13 diferentes artistas plásticos brasileiros.

“Humanizar o hospital”

A inauguração deste espaço é a continuação de um processo iniciado no ano anterior pela admistração do HU, para transformar um ambiente muitas vezes cheio de tensão e insegurança, como as salas e corredores de um Hospital, em um ambiente também de reflexão e relaxamento. A superintendente do HU, Sandra Grisi, comenta que há uma forte tendência atual na medicina de não sepação entre corpo e mente, entre saúde biológica e a psíquica, como era feito antigamente. “Não existe essa dualidade. O cuidado da saúde deve ser visto como um todo”, afirma a médica.

Durante o tempo em que a mostra ficará no hospital, funcionários, pacientes e acompanhantes serão diversas vezes estimulados a visitarem a exposição e interagirem entre si. Sandra conta que em alguns momentos, serão montados grupos monitorados para visitar o local e discutir sobre as obras.

Todo este processo faz parte de um projeto de “humanização do hospital”, termo que Sandra Grisi acredita não ser o ideal, pois nada mais humano que um lugar onde se salvam vidas. No entanto, explica que o termo humanizar é usado no sentido de se aproximar a área biológica da humanística através da arte, integrando os campos do conhecimento.

Nesta mesma linha, o curador da exposição e presidente da G-Onze Associação para o Desenvolvimento da Arte e da Cultura, Ivald Granato, comenta que “a arte em um hospital é importante para alegrar e trazer um clima de conforto para o ambiente. Minha vontade é que todos os lugares tenham uma obra de arte, para que se diminua o sofrimento das pessoas” afirma o artista. Antonio Peticov, autor do quadro “Paz Global”, concorda com Granato e diz que “se tem uma parede, cabe um quadro”.

Ampliação

A maioria dos artistas nunca tiveram suas obras expostas em um hospital, mas todos acharam ”apropriado” e alguns deles até doaram quadros para o acervo permanente do HU. Granato e sua associação buscam outras doações para ampliar os espaços com arte do hospital. A próxima exposição, inclusive já está pronta, segundo o curador: “Será uma mostra com todas as obras já doadas pelos artistas”, afirma.

O próximo passo, de acordo com Sandra Grisi, é a reforma do refeitório dos funcionários. Nele serão colocados painéis de artistas brasileiros para gerar um clima de tranquilidade nos profissionais que lidam com a saúde e a vida das pessoas.

Ambulatório

Ainda no ano passado, a superintendente do HU, Sandra Grisi, e sua assessora, Lucy Christine Maeda Hirata, juntamente com o professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, Issao Minami, deram início ao projeto de reforma nos ambulatórios do Hospital. O ambulatório muitas vezes era sentido como um local de angústia pela espera da consulta ou do exame.

Todo o mobiliário foi projetado por alunos da FAU e quatro painéis foram colocados, um em cada parte do ambulatório. Um deles é de outro professor da FAU, Cláudio Tozzi, que também expôs uma obra na mostra Os onze futebol e arte. Ivald Granato também foi convidado a participar deste projeto e foi em sua inauguração (ocorrida em dezembro de 2011) que a ideia do espaço cultural com uma exposição do G-Onze foi lançada.

Serviço

A mostra  Os onze futebol e arte, de curadoria do artista Ivald Granato, fica em exposição no HU até 3 de abril e funciona das 8 às 19 horas, de segunda à sábado. A entrada é grauita e aberta para todos os interessados. O endereço é Av. Prof. Lineu Prestes, 2.565 – Cidade Universitária.

.