Estudo da Fearp mostra desaceleração e retração do mercado de trabalho

Publicado em Sociedade por em

Estudo da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP) da USP aponta a desaceleração na criação de vagas no cenário nacional e a retração do mercado de trabalho no estado de São Paulo e em algumas de suas principais cidades e regiões.

Elaborado com base em dados disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, de janeiro até novembro de 2014, o estudo foi publicado no boletim Mercado de Trabalho do Centro de Pesquisa em Economia Regional (Ceper) / Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), ligados à FEARP. A publicação mostra que o setor do comércio segue gerando vagas, embora em menor intensidade; além de dados nacionais e estaduais, estudo o mercado de trabalho em Ribeirão Preto e região, Franca, Campinas e São José do Rio Preto.

No Brasil, o setor de serviços foi o único que aumentou o volume de contratações nos últimos 12 meses (de dezembro de 2013 a novembro de 2014) em comparação com os 12 meses imediatamente anteriores. Setores como industrial, de construção civil e agropecuário fecharam mais vagas do que abriram. No total, o saldo no período foi positivo com 258 mil vagas criadas. O resultado, entretanto, significa 424 mil vagas a menos do que o gerado no período anterior.

No estado de São Paulo, a redução do saldo total de contratações dos últimos 12 meses foi de 99,51%. Foram criados 164.731 postos de trabalho até novembro de 2014 frente as 805 vagas abertas de dezembro de 2012 até novembro de 2013. Na indústria os paulistas perderam nada menos que 113 mil vagas.

O conteúdo do boletim pode ser acessado integralmente neste link.

Com informações da Outras Palavras Comunicação Empresarial

Mais informações: (16) 3931-1313

.