Morre o professor do Instituto de Física Alejandro Szanto de Toledo

Publicado em Institucional por em

Morreu no último dia 21 de fevereiro o professor Alejandro Szanto de Toledo, 69 anos, do Instituto de Física (IF) da USP.

Reconhecido internacionalmente, Toledo foi sócio atuante da Sociedade Brasileira de Física (SBF). No CNPq, foi membro titular do Comitê de Assessoramento de Física e Astronomia (CA-FA) e do Conselho Deliberativo (CD). Alex, como era conhecido por todos, contribuiu para o sucesso de diversas iniciativas e eventos na sua área, foi docente da USP por mais de meio século, tendo participado ativamente de diversos marcos da história do IF, onde foi diretor e também chefe de departamento por duas vezes. Foi ainda membro do Conselho Superior da Fapesp, membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Paulista de Ciências, tendo contribuído de forma expressiva para a ciência brasileira.

Na condição de físico nuclear, participou diretamente da construção e manutenção do acelerador de partículas Pelletron da USP, onde formou diversos alunos e publicou importantes artigos na área de física nuclear. Foi pioneiro em criar um grupo de física nuclear de altas energias e teve participações importantes na comunidade científica internacional, tendo sido pesquisador convidado em vários laboratórios nos EUA, França, Japão, Rússia e Alemanha. Nos últimos anos estava sempre no CERN (Organisation Européenne pour la Recherche Nucléaire), onde colaborava e discutia física com seus amigos.

Com informações da Coordenação de Comunicação Social do CNPq

Mais informações: site http://goo.gl/zRe4QZ

.