IPq recruta voluntários com mais de 65 anos para pesquisa sobre TDAH

Publicado em Pesquisa por em

Da Agência USP de Notícias

O Programa Déficit de Atenção e Hiperatividade – Adulto (PRODATH) do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), coordenado pelo professor Mario Rodrigues Louzã Neto, busca voluntários para estudo sobre Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Podem participar do estudo homens ou mulheres de 65 anos ou mais, com escolaridade mínima de 4 anos.

Os participantes não podem apresentar histórico de uso crônico de álcool e outras drogas; deficiência auditiva e visual não corrigidas; quadro demencial ou perda recente de memória; e problemas neurológicos;

Pessoas com 65 anos ou mais que apresentam, desde a infância, boa parte das características relacionadas a seguir, de modo que essa condição trouxe ou traz prejuízos para atividades e relacionamentos, podem ter TDAH: desatenção; dificuldade para se concentrar; distraibilidade; desorganização; dificuldade em cumprir horários; dificuldade em iniciar atividades e finalizá-las; agitação ou sensação de inquietude; dificuldade em esperar sua vez; agir ou falar antes de pensar; falar “demais” em situações sociais; esquecer objetos, compromissos e pagamento de contas; dificuldades escolares, acadêmicas; dificuldade para expressar suas idéias; interromper outras pessoas quando estas estão falando.

Os voluntários triados para pesquisa passarão por avaliações clínica/psiquiátrica, neuropsicológica, exames de sangue e de ressonância magnética (sem contraste).

Mais informações: (11) 99229-0359, email idosotdah@yahoo.com.br

IPq recruta voluntários com mais de 65 anos para pesquisa sobre TDAH
Editoria: Pesquisa - Autor: - Data: 7 de maio de 2015

Palavras chave: , , , , ,

.