Nova edição da “Intercontinental Academia” será sobre dignidade humana

Publicado em Sociedade por em

A segunda edição da Intercontinental Academia já tem tema, datas e locais marcados. O projeto estudará a dignidade humana em duas etapas: a primeira de 6 a 20 de março de 2016, em Jerusalém, Israel; e a segunda de 1 a 12 de agosto, em Bielefeld, Alemanha. Esta edição é organizada pelo Instituto Israel para Estudos Avançados da Universidade Hebraica de Jerusalém e pelo Centro para Pesquisas Interdisciplinares (Zentrum für interdisziplinäre Forschung – ZiF) da Universidade de Bielefeld.

Abordado na pesquisa de diversas disciplinas, o tema envolve o debate sobre terrorismo internacional, tortura, guerra civil, proteção de dados, redução da pobreza e seguridade social, minorias, história dos direitos humanos, entre outros. Durante os encontros em Israel e na Alemanha, os participantes assistirão a aulas magnas com expoentes na pesquisa sobre esses assuntos. Algumas das conferências já estão definidas: “O direito constitucional à dignidade humana”, “Dignidade como núcleo dos direitos humanos”, “Reconhecendo a dignidade humana após a sua negação” e “Dignidade humana na religião”.

Entre os palestrantes confirmados estão: Aleida Assmann, professora de literatura inglesa da Universidade de Konstanz; Lynn A. Hunt, professora pesquisadora ocupante da cátedra Eugen Weber Endowed em História Moderna Européia da Universidade da Califórnia; Gertrude Lübbe-Wolff, professora de direito público na Universidade de Bielefeld e ex-membro da Corte Constitucional Federal Alemã de Justiça; Ralf Poscher, professor de direito constitucional e filosofia legal da Universidade de Freiburg; e Mordechai Kremnitzer, professor “Bruce W. Wayne” de direito internacional da Universidade Hebraica de Jerusalém e vice-presidente de pesquisa do Instituto Israel de Democracia.

A Intercontinental Academia é uma iniciativa da rede Ubias, associação internacional que congrega 34 institutos de estudos avançados baseados em universidades de 19 países, que visa a fomentar a pesquisa em rede e a formação de novas lideranças. A primeira edição, sobre o ‘tempo’, está sendo organizada pelo Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP  e pelo Institute for Advanced Research da Universidade de Nagoya, no Japão. A primeira etapa aconteceu em São Paulo de 17 a 29 de abril e a segunda está agendada para março de 2016, em Nagoya.

Inscrições

Para participar da Intercontinental Academia sobre dignidade humana será necessário passar por uma criteriosa seleção. Os candidatos podem ser de áreas como direito, ciências políticas, sociologia, teoria política, história, filosofia, informática, educação, estudos culturais, estudos literários, biologia ou biogenética. Todos devem ter concluído o doutorado ou pós-doutorado e serem fluentes em inglês.

A inscrição exige o envio de uma apresentação mostrando como poderão contribuir para o projeto; de um currículo atualizado; e de uma carta de recomendação de algum instituto de estudos avançados da rede Ubias. Além disso, os candidatos precisam resumir em uma carta seu interesse pelo tema e as expectativas em relação ao projeto. As submissões devem ser feitas por email (ica_iea@usp.br) até 6 de agosto.

Como membro principal da rede Ubias na América Latina, o IEA será o responsável por receber as candidaturas dos candidatos regionais e fazer a pré-seleção antes de enviar os candidatos pré-aprovados para o processo de seleção final pelos institutos organizadores.

Ao final do processo, serão selecionados 15 participantes. Parte dos custos com acomodação e passagens será reembolsada. Para mais informações sobre a segunda etapa, acesse este link.

Com informações da Assessoria de Comunicação do IEA.

Mais Informações: site http://ica.usp.br/, email ica_iea@usp.br

.