“Eu sou 12 por 8”: Campanha em Ribeirão alerta para consumo de sal

Publicado em Saúde, USP Online Destaque por em

Camila Ruiz / Assessoria de Comunicação da EERP

Com o slogan “Menos sal, menos pressão e mais saúde”, acontece em todos os estados e na maioria dos municípios do país, no próximo dia 26 de abril, a Campanha “Eu sou 12 por 8”, em comemoração ao Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão. Em Ribeirão Preto, a campanha estará presente em 12 locais diferentes, nove deles unidades e hospitais da USP.

A campanha, que foi lançada em 2010 pelo Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Hipertensão, tem como objetivo a prevenção, diagnóstico, tratamento e controle da hipertensão e de doenças cardiovasculares.

Alunos da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP, voluntários e profissionais da saúde estarão em diferentes unidades de ensino do campus da USP de Ribeirão Preto medindo a pressão arterial e orientando o público sobre a detecção da doença, como prevenir, adotar uma alimentação saudável e sobre a prática de exercícios físicos. O Centro de Simulação, chefiado pela enfermeira Simone Godoy, atuará em parceria com alunos de graduação e pós- graduação.

Em Ribeirão Preto, além do campus, foram confirmados  até o momento os seguintes locais de ação da Campanha: Hospital São Francisco, Sesc Ribeirão e Rodoviária, por intermédio da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo – Regional Ribeirão Preto, dirigida pelo médico cardiologista Paulo Cesar Grandini.

Consumo exagerado

Dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia indicam que as doenças cardiovasculares são responsáveis por mais de 300 mil mortes por ano no Brasil, ou 32 % da mortalidade total, e o consumo excessivo de sal, segundo o Ministério da Saúde tem sido um dos principais fatores de risco para a hipertensão arterial.

O sal pode promover a elevação da pressão arterial (pressão alta) porque seu consumo exagerado e contínuo pode reter o líquido em nosso organismo, aumentando a quantidade de volume circulante, e provocando assim importante aumento nos valores da pressão arterial em indivíduos hipertensos ou não, diz a professora Eugenia Velludo Veiga, do Departamento de Enfermagem Geral e Especializada da EERP. “E é esse aumento da pressão arterial, muitas vezes provocado também pelo consumo excessivo do sal, entre outros fatores de risco ,que pode ser um dos desencadeantes do infarto do miocárdio ou derrame”.

De acordo com o médico Paulo Cesar Grandini, o uso do sal em quantidades moderadas (até seis gramas por dia) traz benefícios à saúde por ser essencial no equilíbrio de água do corpo e na entrada e saída de substâncias das células, além de ajudar no controle das funções vitais, como os batimentos do coração, contrações musculares e transmissão de impulsos nervosos.

O diretor de Promoção de Saúde Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o médico cardiologista Carlos Machado, lembra ainda que as doenças cardiovasculares são as principais causas de mortalidade no Brasil, sendo responsáveis por aproximadamente 315 mil mortes por ano ou 32% da mortalidade. “As evidências mostram que mais de 50% das mortes por causas cardiovasculares poderiam ser evitadas se fizéssemos o diagnóstico precoce, e se o tratamento adequado e a prevenção dos fatores de risco para as doenças cardiovasculares fossem amplamente estimulados em nossa população” afirma.

Serviço

A campanha “Eu sou 12 por 8” é promovida pelo Departamento de Hipertensão Arterial, Diretoria de Promoção de Saúde Cardiovascular e Sociedade Brasileira de Cardiologia, com apoio de várias entidades e empresas.

Veja os locais onde o evento será realizado em Ribeirão Preto:

  • Campus da USP em Ribeirão Preto: Av. Bandeirantes, 3900.

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP): Laboratório 3, das 9 às 16 horas

Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP): das 9 às 12 horas

Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP): das 9 às 12 horas

Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP): das 9 às 12 horas

Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP): das 9 às 12 horas

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) : das 9 às 16 horas

Faculdade de Economia e Administração de Ribeirão Preto (FEARP):  das 9 às 12 horas e das 18 às 22 horas

Entrada do Restaurante Central do campus – Das 9 às 12 horas

Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP)

  • Hospital São Francisco: Rua: Bernardino de Campos, 912.
  • SescRibeirão Preto: Rua Tibiriçá, 50.
  • Terminal Rodoviário de Ribeirão Preto: Av. Gerônimo Gonçalves, 640.

 

.