Cerimônia no ICMC premia melhor tese em matemática do país

Publicado em Pesquisa por em

A cerimônia de entrega do Prêmio Gutierrez 2015 ocorreu na última segunda-feira, 31 de agosto, no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos. Apoiada pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a premiação contemplou a melhor tese de doutorado em matemática defendida em 2014 no Brasil.

“Fico feliz em receber este Prêmio, que é um grande reconhecimento do meu trabalho. Saber que minha tese gerou esse interesse é um estímulo a mais para prosseguir na pesquisa”, disse Lucas Ambrozio, vencedor desta edição. No evento, ele ministrou uma palestra sobre sua tese Constant mean curvature foliations and scalar curvature rigidity of three-manifolds.

“Este ano foram 36 teses inscritas para concorrerem ao Prêmio, o maior número desde 2009, quando a premiação teve início. Isso é sinal de reconhecimento”, disse o coordenador do programa de pós-graduação em Matemática do ICMC, Sérgio Monari.

O evento também teve espaço para uma menção honrosa entregue ao professor Marcelo Amaral, professor na Universidade Internacional Lusofonia Afro-Brasileira, por sua tese Problemas de transmissão com fronteira livre. Assim como Ambrozio, ele ministrou uma palestra sobre sua pesquisa após a cerimônia.

O diretor do ICMC, Alexandre Nolasco de Carvalho, parabenizou os contemplados, desejou sucesso e uma carreira gloriosa pela frente. Já a SBM foi representada no evento por Yoshiharu Kohayakawa, que valorizou as teses homenageadas: “Os trabalhos apresentados aqui são excelentes e os premiados de hoje mostram a grande qualidade da matemática no cenário nacional”.

Sobre os premiados

Nascido no Rio de Janeiro, Ambrozio concluiu o Bacharelado em Matemática pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 2008. Dois anos depois, finalizou o mestrado no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e, no ano passado, defendeu seu doutorado na mesma instituição, sob a orientação do professor Fernando Marques. Atualmente, Ambrozio faz pós-doutorado no Imperial College London, na Inglaterra.

Já Amaral nasceu em Caucaia, que integra a região metropolitana de Fortaleza, no Ceará. Ele concluiu a Licenciatura em Matemática em 2007 na Universidade Federal do Ceará, onde também finalizou seu mestrado em 2010. No ano passado, defendeu seu doutorado na mesma instituição, sob a orientação de Eduardo Teixeira.

Sobre o Prêmio

O Prêmio homenageia o renomado pesquisador peruano Carlos Teobaldo Gutierrez Vidalon (1944-2008). Gutierrez veio ao Brasil em 1969, quando conseguiu uma bolsa de estudos para estudar no IMPA, onde se titulou mestre e doutor em matemática. Nessa instituição, na qual trabalhou até 1999, começou como professor assistente e chegou à posição de titular. Durante o período, visitou vários importantes centros em matemática como a University of California, em Berkeley, e o California Institute of Technology.

Após deixar o IMPA, Gutierrez atuou como professor titular no ICMC, contribuindo com a fundação e organização de um novo grupo de pesquisa. Em sua carreira, publicou mais de setenta artigos, orientou sete alunos de doutorado e vinte de mestrado.

Henrique Fontes / Assessoria de Comunicação do ICMC

Cerimônia no ICMC premia melhor tese em matemática do país
Editoria: Pesquisa - Autor: - Data: 2 de setembro de 2015

Palavras chave: , , , ,

.