Trabalho sobre segmentação de imagens desenvolvido no ICMC é destaque em premiações

Publicado em Pesquisa por em

Tese de doutorado de pesquisador do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, Wallace Casaca, ficou em primeiro lugar no primeiro Concurso Latino-americano de Teses de Doutorado da 41ª edição da Conferência Latino-americana em Informática (CLEI 2015).

O trabalho desenvolveu uma ferramenta inovadora para facilitar a vida de quem precisa segmentar uma imagem e que pode contribuir para aprimorar a personalização artística de fotografias, a identificação de indivíduos e a análise de imagens médicas. Além de todas essas possibilidades de aplicação, o trabalho desenvolvido está sendo reconhecido no Brasil e no exterior.

O trabalho também recebeu menção honrosa no Prêmio Capes de Teses. O prêmio latino-americano será entregue na Conferência, que acontecerá de 19 a 23 de outubro na cidade de Arequipa, no Peru. Já a menção honrosa será concedida em cerimônia que ocorrerá em Brasília dia 10 de dezembro. 

Durante seu doutorando, Casaca foi orientado pelo professor Luis Gustavo Nonato, também do ICMC, e obteve uma Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) da FAPESP. Com a bolsa, conseguiu permanecer o ano de 2013 na Universidade Brown, onde trabalhou com o professor Gabriel Taubin. “Conseguimos inovar ao criar uma ferramenta prática e fácil de manusear e implementar”, explica Casaca. Para mais informações leia a reportagem “Nunca foi tão fácil alterar uma imagem” e veja o vídeo:

O primeiro reconhecimento internacional à pesquisa realizada por Casaca aconteceu em 2014, antes da finalização do doutorado, quando um artigo mostrando os resultados do trabalho foi selecionado para integrar a categoria full paper da mais importante conferência internacional sobre o assunto, a Conference on Computer Vision and Pattern Recognition (IEEE CVPR), que aconteceu nos Estados Unidos.

Intitulada “Graph Laplacian for spectral clustering and seeded image segmentation”, a tese de Casaca foi defendida em dezembro de 2014 e pode ser acessada na Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Atualmente, ele é pós-doutorando no ICMC e continua pesquisando as áreas de visão computacional e visualização da informação. 

Outro aluno do ICMC que receberá menção especial no Concurso Latino-americano de Teses de Doutorado da CLEI é Newton Spolaôr. Ele foi orientado pela professora Maria Carolina Monard e defendeu a tese “Seleção de atributos para aprendizado multirrótulo” em setembro de 2014.

Da Assessoria de Comunicação do ICMC

.