Encontro reúne profissionais formados no curso de matemática aplicada do ICMC

Publicado em Institucional por em

Eles têm um pouco de computação, de matemática e de estatística percorrendo suas veias: uma combinação especial que os diferencia no mercado de trabalho. Essa foi uma das conclusões a que chegaram os ex-alunos do curso de Matemática Aplicada e Computação Científica do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, durante o encontro realizado no último sábado, 19 de setembro.

Reunidos para compartilharem histórias, trocar experiências, rever os amigos e estreitar os laços entre a Universidade e o mercado de trabalho, eles participaram do 3º Encontro de Egressos do Bacharelado em Matemática Aplicada e Computação Científica do Instituto.

“A gente aprende no curso a unir conhecimentos de diferentes áreas e nos tornamos multidisciplinares. É isso que o mercado procura e precisa”, ressaltou o ex-aluno Leandro Mattiolli, que é assessor de unidade estratégica na Diretoria de Reestruturação de Ativos Operacionais do Banco do Brasil, em Brasília, e se formou em 2009.

Quem também compartilha da opinião de Mattiolli é o analista sênior de risco de mercado do Banco PAN, Alan de Sousa: “O mercado tem muita carência de ferramentas de matemática e de computação capazes de resolver seus problemas.” Sousa também se formou em 2009 e diz que um dos diferenciais do curso é formar alunos com poder de abstração. “Nunca tive dificuldade para arrumar emprego e já mudei cinco vezes de trabalho, sempre em busca de melhores oportunidades”, disse o ex-aluno, que já atuou no Banco Votorantim, no Itaú Unibanco e na Serasa Experian.

“O curso é um ótimo caminho para quem deseja ter um perfil interdisciplinar. Grande parte da base da minha formação foi construída aqui”, revelou Cristiane de Faria, que é professora no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Cristiane concluiu sua graduação no ICMC em 2004 e fez parte da primeira turma de formandos do curso.

Para Rafael Lima de Melo, que é analista de riscos na Unicred do Brasil, em São Paulo, o curso vale muito a pena exatamente por fornecer uma forte base em computação e matemática: “A computação já era minha paixão. Mas a matemática me abriu muito a mente, até para eu entender melhor o mundo”.

Já a recém-formada Camila Antunes, que é analista no Itaú Unibanco, em São Paulo, recomendou aos atuais estudantes que se envolvam no maior número de atividades extracurriculares que conseguirem para enriquecerem a formação. Ela fez iniciação científica e também participou da Secretária Acadêmica do ICMC (Sacim). “O aluno USP tem esse diferencial: se você der um abacaxi no colo dele, ele consegue descascar no dente”, contou Camila.

Descoberta

Cibele Russo estava decidida a se inscrever no Bacharelado em Matemática em 2011 quando, ao ler o manual de inscrições para o vestibular da FUVEST, descobriu que existia um curso de Matemática Aplicada e Computação Científica. Achou interessante a possibilidade de unir conhecimentos e resolveu arriscar. Hoje, é professora no ICMC e foi uma das coordenadoras do 3º Encontro de Egressos.

“Estudar no ICMC possibilita que a gente reúna uma caixa de ferramentas. Ao sairmos daqui, somos capazes de identificar ou desenvolver as ferramentas mais adequadas para resolver os problemas específicos que encontramos no dia a dia de trabalho”, destacou Cibele, que atuou no banco Itaú antes de optar pela carreira acadêmica.

“Os depoimentos dos ex-alunos nos mostraram que há muito mercado de trabalho para quem se forma no curso. Como somos muito exigentes, os alunos que conseguem concluir a formação estão prontos para se dar bem em qualquer lugar”, disse o coordenador do curso, professor Leandro de Souza, que também ajudou a coordenar o 3º Encontro de Egressos.

“As oportunidades de atuação para os formandos só tendem a aumentar”, finalizou o professor Paulo da Veiga, que ajudou a criar o curso no ICMC, em 1999, e foi seu segundo coordenador.

Denise Casatti / Assessoria de Comunicação ICMC

Mais informações: (16) 3373-9666, comunica@icmc.usp.br

.