ICMC tem representantes no Comitê Consultivo do CNPq

Publicado em Institucional por em

Rodrigo Peronti / Assessoria de Comunicação ICMC

Pela primeira vez, o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos tem representantes no Comitê Consultivo do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). As professoras Solange Oliveira Rezende e Renata Pontin de Mattos Fortes, docentes do Departamento de Ciências de Computação do Instituto, passam a integrar o Comitê segundo portaria divulgada no dia 17 de abril.

A atuação do Comitê Consultivo está ligada à Lei 8.010, publicada em 1990, que prevê a isenção de impostos e taxas para bens destinados à pesquisa científica. Com a finalidade de administrar a concessão desses incentivos, o órgão tem o papel de analisar os pedidos de credenciamento e de reavaliação de credenciamento solicitados por pesquisadores e instituições para as importações que se enquadrem na lei. Analisa também os projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, fiscalizando a aplicação e destinação dos bens importados para esses projetos.

O ICMC possui um histórico de cooperação com o CNPq para facilitar o cumprimento dessa legislação. Em 2011, o Conselho lançou o Tutorial TIP, com o objetivo de organizar e disponibilizar informações relacionadas ao processo de importação. A criação do tutorial foi coordenada pela professora Solange, através do Centro de Competência em Software Livre do ICMC (CCSL-ICMC), em parceria com o Setor de Importação do CNPq e com a empresa júnior do ICMC.

A professora Solange Rezende possui licenciatura em Ciências com habilitação Matemática pela Universidade Federal de Uberlândia (1986), mestrado em Ciências de Computação e Matemática Computacional  (1990) e doutorado em Engenharia Mecânica (1993) pela USP. Atualmente é professora associada no ICMC, onde preside a Comissão de Cultura e Extensão. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Metodologia e Técnicas da Computação – Inteligência Artificial, atuando principalmente nos temas relacionados com mineração de dados e textos.

A professora Renata Fortes é bacharel em Ciência da Computação (1982), mestre em Ciência da Computação e Matemática Computacional e doutora em Física (1996) pela USP. Atualmente é professora associada no ICMC, onde preside a Comissão de Graduação. É também consultora do Ministério da Educação e consultora ad hoc da FAPESP. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Engenharia de Software, atuando principalmente nos seguintes temas: engenharia de web, projetos de software livre, acessibilidade na web, hipermidia e processo de software.

Mais informações: http://www.cnpq.br/web/guest/importacoes-para-pesquisa 

.