Projeto leva educação, cultura e lazer a crianças e jovens de Ribeirão Preto

Publicado em Sociedade por em

Mumificar pé de galinha para ensinar história do Egito e fazer um bolo de cenoura para ensinar a classificação do conteúdo dos alimentos, como proteínas, carboidratos e gorduras, são algumas das atividades que os alunos da USP promovem no trabalho voluntário Projeto Extensão Solidária.

O trabalho desenvolve atividades voltadas a educação, cultura e lazer de crianças e adolescentes dos bairros Parque Ribeirão Preto e Jardim Progresso, desde 2011. O Projeto Extensão Solidária promove intercâmbio entre o meio acadêmico e a comunidade, além de contribuir para o desenvolvimento educacional e cultural e foi criado pelos alunos da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP.

As crianças e adolescentes participam de oficinas de futebol, para os maiores, e os pequenos têm as oficinas educativas, com objetivo de atrair a atenção delas e ao mesmo tempo ensinar assuntos complementares às matérias da escola formal. As atividades são aos domingos, das 14 às 17 horas, no Centro Social Marista (Rua Júlio Ribeiro, 3.451, Parque Ribeirão Preto, Ribeirão Preto). O projeto recebe, em média, entre 40 e 50 crianças e adolescentes, com idade entre 4 e 17 anos.

Além dos alunos da FDRP, atualmente, com uma média de 18 voluntários, o projeto conta com a participação de alunos da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) e do curso de Pedagogia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), ambos da USP. Também participam alunos da USP em São Carlos.

O Projeto Extensão Solidária é coordenado por Cristiano Da Dalt Castro e Daniel Alves, ambos alunos da FDRP. É gratuito e voltado para qualquer criança, basta preencher uma ficha cadastral. As crianças podem frequentá-lo nos dias em que puderem e quiserem. Durante a semana, o local é utilizado pelo Centro Social Marista para outras atividades, que não estão relacionadas com o projeto, mas as crianças podem participar de ambas atividades.

Mais informações: email taisa.ostini@gmail.com

.