Lançamento da Humanitas discute expulsão de estrangeiros na era Vargas

Publicado em Cultura por em

A Editora Humanitas, ligada à Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, lançou o livro Venha o Decreto de Expulsão, de Mariana Cardoso Ribeiro.

A obra é dedicada ao estudo das expulsões de estrangeiros durante o governo de Getúlio Vargas (1930-1945). A partir da análise de processos e prontuários policiais, de 1933 a 1939, a autora revela que esta medida foi amplamente utilizada contra os estrangeiros identificados com as ideias de esquerda, especialmente anarquistas, comunistas e antifascistas, que foram considerados como “indesejáveis”.

Demonstra, também, de que forma o Direito esteve a serviço do Estado autoritário nos anos 30. A saída compulsória do país estava amparada pela legislação brasileira. Por meio das leis de expulsão, o governo Vargas procurava legitimar seu projeto nacionalista e xenófobo.

A obra encontra-se à venda no site da Humanitas, na Livraria Humanitas-Discurso e também pode ser adquirida em todas as distribuidoras parceiras da editora, listadas em sua página oficial.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Editora Humanitas-Discurso 

.