Regente da Osusp recebe Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita

Publicado em Artes por em

No dia 27 de agosto, aconteceu, no Theatro Municipal de São Paulo, a cerimônia de entrega da 25ª edição do Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita. Entre os vencedores da noite, estiveram Lívia Sabag, formada em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, pela Direção de Cena do espetáculo de ópera L’Enfant et les Sortilèges e também Ligia Amadio, que foi premiada na categoria “Regente”, pelo trabalho com a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp).

A apresentação foi de Beatriz Segall.  No evento foram interpretadas canções de Carlos Gomes com arranjos de Abel Rocha, com os cantores Niza de Castro Tank e Rosana Lamosa, sopranos, Fernando Portari (tenor) e o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo.

Confira abaixo todas as categorias e ganhadores do 25º Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita

Espetáculo de Ópera
L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Direção de Cena
Lívia Sabag – L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Cenário
Fernando Anhê – L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Figurino
Fernando Anhê – L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Cantor Solista
Fernando Portari – Die Fledermauss, no Theatro Municipal de São Paulo; Roméo et Juliette e Don Pasquale, no Theatro São Pedro em São Paulo; La Bohème no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto.

Cantora Solista
Denise de Freitas – Die Walkure e L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo; Nabucco no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e Diálogo das Carmelitas no Teatro Amazonas.

Conjunto de Câmara
Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo – Pelos muitos anos de atividade com a coerência de um grupo especial.

Iluminação
Wagner Pinto – L’Enfant et les Sortilèges no Theatro Municipal de São Paulo.

Orquestra Sinfônica
Orquestra Filarmônica de Minas Gerais – Pela qualidade conseguida através da reflormulação efetuada por Fábio Mechetti.

Regente
Ligia Amadio – Pelo trabalho com a Orquestra Sinfônica da USP

Regente de Ópera
Luis Fernando Malheiro – Die Walkure no Theatro Municipal de São Paulo; Tristan und Isolde no Teatro Amazonas.

Solista Instrumental
Sonia Rubinsky – Pela gravação integral das Canções Sem Palavras de Mendelssohn.

Troféu Guarany
Dyra Oliveira – Pelo trabalho de vários anos no Theatro São Pedro.

Mais informações: site www.eca.usp.br

.