USP faz homenagem aos 200 anos da presença chinesa no Brasil

Publicado em Institucional por em

No dia 29 de novembro, a USP, a Embaixada e o Consulado-Geral da China organizaram a homenagem aos Duzentos Anos da Presença Chinesa no Brasil, em evento na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP.

Após a apresentação da Yuan Yiping, que tocou Erhu, formaram a mesa de abertura o vice-reitor da USP, Hélio Nogueira da Cruz, o vice-reitor executivo de Relações Internacionais, Adnei Melges de Andrade, o diretor da FMVZ, Enrico Lippi Ortolani, o deputado federal William Boss Woo e o ministro conselheiro da Embaixada da China, Zhu Qingqiao.

A Embaixada da China, segundo Qingqiao, está disposta a oferecer recursos e ajuda para acordos entre o Brasil e a China, principalmente, no que diz respeito à indústria voltada para tecnologia e inovação. Outro objetivo do governo chinês, relevado por Woo em sua apresentação, é poupar recursos naturais e criar empregos para os jovens, por meio do crescimento das empresas.

Foram realizadas as palestras Os caminhos da acupuntura na medicina USP, na qual o professor Wu Tu Hsing falou sobre o início do curso de acupuntura na graduação da Faculdade de Medicina; Evolução da computação: do ábaco ao supercomputador Tianhe,  ministrada pelo professor Siang Wu Song, do Instituto de Matemática e Estatística; O Santander Universidades e a China, pelo vice-presidente do Santander Universidades no Brasil, Jammil Hanouche; Economia de mercado socialista na China, dada pelo professor Jayme Martins; Direito chinês pelo professor Durval de Noronha Goyos; A emigração chinesa com o professor José Roberto Teixeira Leite; As empresas chinesas no Brasil, pelo Sr. Like; e O papel da missão católica chinesa na imigração dos chineses ao Brasil nas décadas de 60,70 e 80, pelo Padre Thomas Shihui.

No final do evento, a plateia pôde acompanhar apresentações de música e dança chinesas, além de Tai Chi Quan.

Mais informações: site www.usp.br/internationaloffice

.