Grupo da Esalq visita região do cerrado brasileiro

Publicado em Educação por em

Da Assessoria de Comunicação da Esalq

Desde o ano 1994, o Grupo de Experimentação Agrícola (GEA), da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da USP, em Piracicaba, realiza viagens durante as férias de verão para diferentes regiões do Brasil com a finalidade de conhecer a realidade de produção e trocar experiências com profissionais do agronegócio. O objetivo é desenvolver o raciocínio crítico dos estagiários que presenciam a aplicação profissional dos conceitos teóricos. Essa série de viagens para diferentes regiões do cerrado brasileiro, hoje, é conhecida como Expedição Cerrado.

De 23 de janeiro a 3 de fevereiro, o grupo formado por 30 estudantes da Esalq que estão entre o segundo ano de graduação e o mestrado, percorrerá diferentes regiões do estado do Mato Grosso e de Rondônia. Visitarão 8 cidades do cerrado matogrossense, devido ao seu  destaque na produção nacional de grãos e fibras.

Cerca de doze empresas serão visitadas, todas de diferentes setores, como empresas de fertilizantes, grupos de produção de algodão, soja, milho, feijão, arroz, bovinos de corte (integração agricultura e pecuária) e piscicultura, produção de sementes. Também serão visitadas empresas de consultoria agropecuária, de produtos agroquímicos, e um instituto de pesquisa e extensão. Por meio do contato direto com todas estas empresas, além de aspectos fito e zootécnicos, os estagiários do GEA conhecerão desafios e inovações relativos à produção.

Mais informações: (19) 3447-8613, email acom@esalq.usp.br, site www.esalq.usp.br

.