Professor da FORP participa de Grupo de Odontologia Legal da Interpol

Publicado em Sociedade por em

Da Agência USP

Pela primeira vez, o Brasil terá representantes no Grupo de Odontologia Legal da Interpol, sigla em inglês para Organização Internacional de Polícia Criminal. O professor Ricardo Henrique Alves da Silva, da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP) da USP, foi convidado a participar do Grupo de Trabalho em Odontologia Legal para Identificação de Vítimas de Desastres da Interpol. Além do professor da FORP, a equipe contará também com um segundo integrante brasileiro, Tácio Pinheiro Bezerra, que hoje trabalha na Polícia Civil de Fortaleza (Ceará).

Oficialmente, os dois brasileiros começaram seus trabalhos na Interpol, participando do Forensic Odontology INTERPOL DVI Working Group, reunião de Equipes de Odontologia em DVI (Diagnóstico Volumétrico por Imagem), realizada todos os anos em Lyon, na França, no mês de maio. Esse grupo reúne 25 profissionais de odontologia de mais de 15 países. Eles são responsáveis pela elaboração de protocolos de atuação, padronizações internacionais, manuais e treinamentos para a identificação de vítimas em desastres.

Segundo o professor Ricardo, a criação de um protocolo internacional é importante porque, durante grandes catástrofes, como ataques terroristas ou terremotos, o processo de identificação de vítimas raramente é possível pelo reconhecimento visual.

“Para identificação conclusiva é necessário utilizar impressões digitais, arcada dentária ou amostras de DNA armazenadas em bancos de dados, mas esses bancos podem envolver diferentes países, dependendo da nacionalidade das vítimas”, explica Ricardo.

Treinamento de odontolegistas para PF

As discussões e resoluções dentro do Grupo de Trabalho da Interpol vão atender ainda o apoio científico que a FORP oferece à Polícia Federal (PF) no treinamento para os ondontolegistas. Desde 2010, a Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto da USP tem parceria com a PF no projeto Plano de Capacitação em Diagnóstico Volumétrico por Imagem para Grandes eventos.

Esse projeto, apoiado pela USP, é desenvolvido pela Polícia Federal em cooperação com a Secretária Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça.

Mais informações: e-mail ricardohenrique@usp.br

.