Evento na EESC trouxe especialistas para discutir cooperação Brasil-Alemanha na área de tecnologia

Publicado em Institucional por em

Da Agência USP de Notícias

A Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP foi sede do encontro anual do Brazilian-German Collaborative Research Initiative on Manufacturing Technology (BRAGECRIM), realizado de 30 de setembro a 2 de outubro.

A reunião contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Álvaro Prata, do diretor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Guilherme Melo, do presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Guimarães, do diretor da Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG) da América Latina, Dietrich Halm, do professor da Universidade Técnica de Aachen e coordenador do BRAGECRIM pelo lado da Alemanha, Tilo Pfeifer, e do professor do Departamento de Engenharia de Produção da EESC, presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e representante do BRAGECRIM no Brasil, João Fernando de Oliveira, além de docentes, pesquisadores e alunos.

O evento teve como objetivo discutir avanços dos projetos, estratégias e dos planejamentos de ações futuras do grupo BRAGECRIM, que é um programa de financiamento e apoio a projetos de colaboração entre grupos de pesquisa do Brasil e da Alemanha na área de tecnologia avançada de manufatura. Esse grupo busca gerar conhecimento tecnológico, possibilitando o desenvolvimento de soluções inovadoras para melhorar a produtividade, qualidade e sustentabilidade de empresas industriais dos dois países, além de promover a troca de conhecimento entre elas através de trabalhos e missões de estudo de pesquisadores e estudantes de ambos os países.

Entre as atividades houve a exposição de projetos desenvolvidos através de financiamento de agências de fomento brasileiras e alemãs de forma cooperativa entre grupos de pesquisa dos dois países. Ao todo foram apresentados 42 projetos elaborados em parceria por um pesquisador alemão, um brasileiro e alunos de graduação ou pós-graduação, proporcionando uma troca de conhecimento por meio dos trabalhos realizados em ambos os países. O evento foi patrocinado pela CAPES, CNPq, DFG e Rexroth (Bosch Group) e recebeu executivos das empresas Thyssen Krupp, Rexroth e Embraer interessados em firmar acordos, parcerias ou financiar pesquisas.

Mais informações: email eesc.comunica@gmail.com

.