USP define lista tríplice de chapas de candidatos a reitor e vice-reitor

Publicado em Institucional por em

Da Assessoria de Imprensa da USP

As chapas formadas pelos professores Marco Antonio Zago e Vahan Agopyan, Hélio Nogueira da Cruz e Telma Maria Tenório Zorn e Wanderley Messias da Costa e Suely Vilela estão na lista tríplice que será encaminhada ao governador Geraldo Alckmin para escolha dos novos reitor e vice-reitor da Universidade de São Paulo (USP). A eleição foi realizada hoje, 19 de dezembro.

A chapa dos professores Marco Antonio Zago e Vahan Agopyan foi a mais votada, com 1.206 votos, seguida pela chapa dos professores Hélio Nogueira da Cruz e Telma Maria Tenório Zorn e Wanderley Messias da Costa e Suely Vilela, com 498 e 462 votos, respectivamente

Faziam parte do colégio eleitoral os membros do Conselho Universitário, dos Conselhos Centrais (Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa e Cultura e Extensão Universitária) e das Congregações das Unidades e dos Conselhos Deliberativos de Museus e Institutos Especializados, o que totalizou 2.143 eleitores, dos quais 1.826 (85%) compareceram à votação. Cada eleitor poderia votar em até três nomes. Os votos brancos totalizaram 2.857 e 177 cédulas foram anuladas.

A votação foi realizada das 9 às 13 horas, em todos os campi da Universidade, e a apuração teve início às 20 horas, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

A previsão é de que o reitor João Grandino Rodas entregue ainda nesta sexta-feira, dia 20 de dezembro, a lista com as três chapas, que será encaminhada ao governador Geraldo Alckmin, que tem a prerrogativa de escolher qualquer uma das três que constam na lista.

O novo reitor será o 26º dirigente da história da Universidade que, completará, no próximo dia 25 de janeiro, 80 anos de criação. O primeiro reitor da USP, em 1934, foi Reynaldo Porchat, professor da Faculdade de Direito. O primeiro vice-reitor foi Luiz Ignácio Romeiro de Anhaia Mello, docente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e da Escola Politécnica, que tomou posse em 1950.

Mudanças na eleição

Esta eleição representa uma das mudanças no sistema de escolha do reitor e vice-reitor da Universidade, aprovadas pelo Conselho Universitário, no dia 1º de outubro deste ano.

Antes realizada em dois turnos, a partir desta edição, a eleição passou a ser realizada em um sistema de turno único.

Outra mudança foi a inscrição prévia das candidaturas, em forma de chapa, dos candidatos a reitor e vice-reitor, acompanhada do programa de gestão a ser implementado. Anteriormente, todos os professores titulares da USP podiam ser considerados como candidatos em potencial, sem necessidade de inscrição prévia e sem formação de chapa.

Na mesma sessão, foi aprovado que os candidatos a reitor e vice-reitor se desincompatibilizassem de funções de chefia ou direção exercidas a partir da inscrição da candidatura.

No dia 10 de dezembro, foi realizada uma consulta à comunidade universitária — alunos, professores e funcionários técnico-administrativos—, de caráter informativo.

A chapa 3, formada pelos professores Marco Antonio Zago e Vahan Agopyan, foi a mais votada entre docentes e alunos. A chapa 4, formada pelos professores Wanderley Messias da Costa e Suely Vilela, foi a que teve mais votos entre os funcionários técnico-administrativos. As duas chapas também foram as que registraram o maior número de votos no cômputo geral, com 6.678 e 5.504 votos, respectivamente.

.