Intercâmbios, convênios e programas intensificam internacionalização na Esalq

Publicado em Educação por em

Caio Albuquerque/Assessoria de Imprensa da Esalq

Em 2013, cerca de 250 estrangeiros, entre dirigentes, professores, pesquisadores e alunos de graduação e pós-graduação visitaram a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP. Distribuídas ao longo do ano, 36 delegações, oriundas de todos os continentes, estiveram presentes para visitar laboratórios de pesquisa, trocar experiências acerca das áreas do conhecimento contempladas na Escola, ou mesmo para conhecer instalações acadêmicas e administrativas.

Sob outro aspecto, parte significativa dessas incursões internacionais na Esalq resultaram em assinaturas de acordos ou em renovação de um dos 71 convênios de cooperação ativos em 2013. Entre maio de 2011 e novembro deste ano, foram firmados 45 novos convênios com instituições estrangeiras, todos sempre com um docente da Esalq como responsável.

Por aqui passaram representantes da África (Zimbábue), América do Norte (EUA e Canadá), Central (Barbados e El Salvador) e do Sul (Colômbia, Chile e Peru), Europa (França, Holanda, Dinamarca, Irlanda e Alemanha), Ásia (Japão e China) e Oceania (Austrália e Nova Zelândia). Essa intensificação nos contatos que a Esalq tem feito com escolas de diferentes nações resulta, diretamente, no aumento do número de alunos da graduação que tem a oportunidade de permanecer um período fora do país para atualizar ou mesmo complementar sua formação. Em 2011, 76 esalqueanos estagiaram ou cursaram disciplinas em uma instituição estrangeira. Em 2012, esse índice quase dobrou (136) e, até agosto de 2013, 130 graduandos da Escola estavam fora do país. No sentido contrário, a Esalq recebeu, nos últimos três anos, uma média de 65 alunos estrangeiros por ano.

Oportunidades

Entre outras oportunidades de concluir parte de sua graduação fora do país, os esalqueanos têm se beneficiado dos programas de duplo diploma (DD) e do programa Ciência sem Fronteiras (CsF). No caso de DD, estudantes de Engenharia Agronômica e Ciências dos Alimentos podem permanecer por até dois anos em escolas da França com as quais a Esalq mantem acordo de dupla diplomação. No caso da Engenharia Agronômica, o programa foi aprovado em 2005 e envolve a Esalq e as instituições francesas AgroParis Tech, École d’Ingénieurs de Purpan-Toulouse, École Supérieure d’Agricultura-Angers, Institut Polytechnique La Salle Beauvais, Institut Supérieur d’Agriculture de Lille, Institut Supérieur d’Agriculture et d’Agroalimentaire Rhône-Alpes-Lyon. Atualmente estão matriculados 13 alunos da Esalq e 6 franceses. Desde o início, 42 esalqueanos e 25 franceses se formaram com o duplo diploma.

Já no caso do curso de Ciências dos Alimentos, o programa de DD existe desde 2011, em parceria com a Écola Nationale Vétérinaire, Agroalimentaire et de L’Alimentation Nantes-Atlantique (ONIRIS). Essa parceria já formou um aluno estrangeiro e, hoje, estão matriculados um aluno da Esalq e um francês.

No caso do CsF, só neste ano os esalqueanos puderam se inscrever para realizar a graduação sanduíche na Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá (CBIE e CALDO), China, Coréia do Sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Noruega, Nova Zelândia, Japão, Reino Unido, Suécia. Entre tantos contemplados, Luiz Fernando Pereira Bispo, estudante do 5º semestre do curso de Engenharia Florestal, está em Sidney, na Austrália e Mariana Coutinho, estudante do 5º semestre do curso de Ciências dos Alimentos, ganhou a bolsa do CsF para estudar na Florida Agricultural Mechanical University (FAMU), Tallahasse, Florida, EUA.

Na Esalq, a Comissão de Relações Internacionais, via Serviço de Atividades Internacionais (SVAInt), oferece apoio aos visitantes estrangeiros, docentes, estudantes e representantes de órgãos e instituições que vem à Esalq com interesse em cultura e conhecimento. Informações sobre bolsas e oportunidades para complementar a formação no exterior também podem ser consultadas no SVAInt.

Mais informações: site http://www.esalq.usp.br/svaint

.