Sistema desenvolvido no ICMC aprimora recomendações de sites na internet

Publicado em Tecnologia por em

Júlio Bernardes/Agência USP de Notícias

Para aprimorar os sistemas de recomendação existentes nos sites da internet, pesquisa do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, desenvolveu sistemas sensíveis ao contexto. As sugestões fornecidas ao usuário são aprimoradas a partir de informações contextuais, como o local em que o usuário se encontra e os dias e horários em que ele acessa a internet. Um sistema desenvolvido pelo cientista da computação Marcos Aurélio Domingues está sendo utilizado por um site que recomenda nomes de bebês.

Domingues aponta que já existem sistemas de recomendação que identificam o comportamento dos usuários ao utilizarem a internet. “Eles tentam entender o que o internauta está buscando no site e fornecem sugestões”, diz. “Em um site de comércio eletrônico, por exemplo, uma pessoa que procura por um determinado produto receberá sugestões de produtos que foram vistos ou adquiridos por outros usuários.”

A pesquisa desenvolvida no ICMC procurou aprimorar os algoritmos que são empregados para o sistema realizar as recomendações. “Os sistemas tradicionais se baseiam apenas na navegação dos usuários”, conta o pesquisador. “Apesar de estarem disponíveis em vários sites, sua performance não é plenamente satisfatória, pois geralmente utilizam apenas os cliques nas páginas do site para gerar as recomendações.”

O estudo focou no desenvolvimento de algoritmos para a obtenção automática de contexto para sistemas de recomendação sensíveis a este contexto. “O objetivo é disponibilizar algoritmos que forneçam informações de contexto de um modo simples para os sistemas de recomendação, o que não acontece atualmente”, ressalta Domingues. “Por exemplo, se o usuário acessa a internet nos finais de semana, pode estar a procura de produtos ou serviços diferentes dos que busca durante a semana, no horário de trabalho, e esta informação de contexto pode melhorar as recomendações.”

Na pesquisa, a aplicação dos sistemas de recomendação foi testada no site alemão Nameling.net. “O site auxilia pais que procuram nomes para seus filhos, fazendo sugestões de nomes”, conta o cientista da computação. “A direção do site realizou um desafio para que programadores/pesquisadores concebessem algoritmos que pudessem ser implantados.”

Para indicar os nomes, o algoritmo desenvolvido no ICMC leva em consideração a localização do usuário e os nomes mais buscados em um determinado período de tempo, como por exemplo, nos últimos três meses. “Assim, um internauta do Brasil receberá indicações diferentes de outro que esteja acessando o site na Argentina”, afirma Domingues. “E as sugestões feitas em janeiro não serão as mesmas se a consulta for feita em julho.”

No site www.nameling.net estão disponíveis alguns sistemas de recomendação desenvolvidos durante o desafio, inclusive o que foi criado pelo pesquisador do ICMC. Um deles provavelmente será escolhido para ser disponibilizado de forma permanente aos usuários. “O sistema também pode ser adaptado para outros sites”, acrescenta. “Em um site de música, por exemplo, ele poderia fornecer indicações de canções considerando o contexto do usuário.”

A pesquisa de pós-doutorado “Aquisição Automática de Informação Contextual para Sistemas de Recomendação Sensíveis ao Contexto” foi desenvolvida no Laboratório de Inteligência Computacional (Labic) do ICMC. O estudo teve orientação da professora Solange Rezende, coordenadora do Labic, e financimento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

 Mais informações: email mad@icmc.usp.br

.