Pesquisador do IPq vence Prêmio Lundbeck de Incentivo à Pesquisa

Publicado em Pesquisa por em

Da Agência USP de Notícias

O pesquisador Pedro Gomes Penteado Rosa, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), foi o único brasileiro na lista de vencedores do quinto Prêmio Lundbeck de Incentivo à Pesquisa. Os outros quatros contemplados foram pesquisadores canadenses. Cada um receberá US$ 4 mil, sob a forma de patrocínio para participarem de eventos científicos.

O anúncio dos trabalhos premiados ocorreu no segundo Congresso Mundial sobre Cérebro, Comportamento e Emoções, encerrado no dia 9 de abril em Montreal, Canadá. O laboratório dinamarquês destina, por meio da Fundação Lundbeck, cerca de US$ 100 milhões ao ano para pesquisa científica envolvendo temas não necessariamente ligados às áreas de atuação da companhia e com total independência dos pesquisadores contemplados.

Intitulado “O que determina alterações corticais progressivas em portadores de primeiro episódio de esquizofrenia e de psicoses afetivas?”, o trabalho do brasileiro foi coordenado pelos professores Geraldo Busatto Filho e Maristela Schaufelberger, e financiado pela Fapesp, CNPq e Wellcome Trust (Reino Unido).

O pesquisador brasileiro demonstrou, por meio de neuroimagens feitas com ressonância magnética, que os pacientes que não tiveram melhora dos sintomas da esquizofrenia e das psicoses afetivas (transtorno bipolar e depressão com sintomas psicóticos), ao longo de cinco anos, apresentaram agravamento nas alterações de substância cinzenta em regiões muito importantes do cérebro. Essas alterações, porém, não foram identificadas nos pacientes que apresentaram melhora nos sintomas no mesmo período.

Mais informações: (11) 3814-2021 / 97229-8420

.