Elza Berquó recebe título de Professora Emérita da Faculdade de Saúde Pública

Publicado em Institucional por em

Em reconhecimento à importante contribuição acadêmica na área de saúde coletiva, além de representar uma reparação histórica, a Congregação da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP aprovou por unanimidade, no dia 27 de março, a entrega do título de Professora Emérita da instituição à professora e pesquisadora Elza Berquó. A cerimônia pública será realizada no dia 24 de abril às 10 horas.

Elza Berquó é uma das pioneiras nos estudos de demografia e saúde no país, tendo realizado a primeira pesquisa nacional sobre reprodução humana, além de outros levantamentos seminais na área. Por onde passou, criou núcleos de estudo, como Centro de Estudos de Dinâmica Populacional (Cedip), Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), Núcleo de Estudos Populacionais (Nepo), entre outros, em institutos privados e universidades como a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a USP. Nesta última, Elza foi atingida pela perseguição política que assolou o Brasil durante a vigência do Ato Institucional nº 5, de dezembro de 1968, sendo aposentada compulsoriamente um ano depois.

“Além do simbolismo por sua trajetória política e pública, a outorga do título de Professora Emérita a Elza Berquó faz um resgate da importância histórica da produção científica e acadêmica desta renomada pesquisadora não apenas para a FSP, mas para a demografia e a saúde pública de nosso país”, declara Victor Wünsch Filho, diretor da FSP.

Acerimônia de entrega do título de professora emérita a Elza Berquó acontece na Sala Paula Souza da FSP, na Av. Dr. Arnaldo, 715, próximo ao metrô Clínicas, Cerqueira César, São Paulo-SP.

Com informações da Assessoria de Comunicação Institucional da FSP

Mais informações: site http://www.fsp.usp.br/site/noticias/mostrar/4061

.