MENUMENU

Morre professor Ruy Laurenti, primeiro ouvidor geral da USP

Sua contribuição como pesquisador foi na área de Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia, atuando em epidemiologia, mortalidade, saúde materna, estatísticas de saúde e classificações internacionais de doenças.

ruyFaleceu nesta sexta, 12 de junho, o professor Ruy Laurenti. Ao longo de sua carreira na USP, foi diretor da Faculdade de Saúde Pública, Pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária e vice-reitor da Universidade entre 1990 e 1994. Também foi o primeiro ouvidor geral da USP.

Formado em Medicina (1957) pela USP, fez o doutorado em Cardiologia (1969) na mesma instituição. Tornou-se professor livre docente e professor titular em Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Foi agraciado com o título de Professor Emérito da USP e de pesquisador emérito do CNPq. Atualmente era docente permissionário – Colaborador Senior da USP. Foi também professor da Universidade do Sagrado Coração.

Sua contribuição como pesquisador foi na área de Saúde Pública, com ênfase em Epidemiologia, atuando principalmente nos temas: epidemiologia, mortalidade, saúde materna, estatísticas de saúde e classificações internacionais de doenças e problemas de saúde. Foi diretor do Centro Colaborador da OMS para a Família de Classificações Internacionais (Centro Brasileiro de Classificação de Doenças).

O professor Ruy Laurenti deixou a esposa, Rose Marie, e dois filhos, Renato e Ruy. O velório ocorre nesta sexta, no Hospital Albert Einstein – Av. Albert Einstein, 627/701 – Morumbi – São Paulo – SP, das 8 às 15 horas.

O sepultamento ocorrerá no Cemitério de Vila Mariana, às 16 horas – Av. Lacerda Franco, 2084, São Paulo.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Faculdade de Saúde Pública.

Scroll to top