MENUMENU
archive.php

No palco da cultura, cordel, xilogravura e repente têm status de protagonistas

Composto de 4.500 folhetos, acervo de literatura de cordel – arte considerada patrimônio imaterial pelo Iphan – do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) é destaque em evento que reuniu cordelistas, repentistas e xilogravadores na USP

Composto de 4.500 folhetos, acervo de literatura de cordel – arte considerada patrimônio imaterial pelo Iphan – do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) é destaque em evento que reuniu cordelistas, repentistas e xilogravadores na USP...

Scroll to top